O prefeito Edivaldo e o incômodo alheio

Os especuladores devem estar em comichão com o silêncio do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). É que faltando dois dias para ele renovar o mandato, o mesmo ainda não deu um “piu” sobre quem pode estar na equipe governamental dele para este próximo mandato.

Uma coisa é dada como certa por pessoas mais próximas: Edivaldo deve reduzir a máquina. Como e onde, não se sabe. Mas ele segue a lógica de que é preciso se precaver para o momento difícil em que o país vive e que deve atingir os municípios com mais força ainda em 2017.

O prefeito Edivaldo deve juntar secretarias e mudar parte dos auxiliares. É a melhor forma de se cortar gastos nesta reorganização estrutural do governo e manter o equilíbrio dos trabalhos no secretariado.

Quanto a nomes, tudo em segredo, mantidos a sete chaves. A expectativa é que na segunda-feira (02), Edivaldo comece a divulgar as mudanças. E isso deve acontecer antes dele sair em curto período de descanso. Até lá, os curiosos que aguardem.

A posse de Edivaldo e dos 31 vereadores eleitos para a Câmara Municipal de São Luís acontece no domingo (01), às 14 horas, no auditório da Fiema, no bairro da Cohama.

4 ideias sobre “O prefeito Edivaldo e o incômodo alheio

  1. O que adianta ele fazer “mudanças” pra acomodar aliados políticos e seus apaziguados, a gestão dele vai continuar como esteve nesses 4 anos hibernando, só ele acredita nele e parte do eleitorado que deu-lhe mais 4 anos de sonolência e um gordo salário. Que se dane terceirizados que não recebem, as escolas que continuam na mesma, trabalho numa escola que algumas salas não tem uma única lâmpada, cheia de goteiras e já começou o período chuvoso, os banheiros estão com problemas , temos problema de água na escola e o prefeito fica com cara de paisagem…hibernando, hibernando espero que pelo menos ele faça troca de alguns diretores de escolas alguns que lá estão são tão inúteis quanto um feriado no domingo

  2. Edivaldo é administrador inteligente. Com certeza ja tem tudo muito bem planejado para o novo governo. Fará mais uma grande administracao para raiva da oposicao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *