Política maranhense em notas

As contradições do garoto de Anajatuba

O deputado Eduardo Braide mostra o quanto é contraditório para atingir seus objetivos. Na campanha eleitoral deste ano fez juras de amor ao governador Flávio Dino para em seguida “descer o sarrafo” no governador. Agora, estufou o peito para dizer que é que contra aumento de impostos. Mas votou a favor de reajuste maior do mesmo ICMS no governo Roseana Sarney quando ainda não existia crise. Muita contradição!

Tavares chama Adriano Sarney de mentiroso

Em entrevista ao programa Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora FM, o secretário chefe da Casa Civil, Marcelo tavares, falou cobre o projeto de readequação do ICMS. Ele lembrou que o reajuste do Maranhão é menor do que nos outros anos e do que em outros estados. “É balela dizer que o governador Flávio Dino recebeu o Estado equilibrado. É uma mentira do deputado Adriano Sarney e do Eduardo Braide que advogam esta tese. Como é que um Estado que tinha só R$ 24 milhões em conta e só pra Cemar deve R$ 32 milhões é um Estado equilibrado?”, afirmou lembrando as várias dívidas que o governo Roseana deixou, inclusive não pagando os empréstimos consignados dos servidores.

Mirante tenta acuar Bira

A equipe de TV Mirante, que estava nesta quinta-feira (15) na Assembleia Legislativa, pela primeira vez na história pegou uma sonora do deputado Bira do Pindaré (PSB). O repórter miranteano esperou firmemente até o final da prolongada sessão para perguntar a Bira se ele a favor ou não do aumento do ICMS para jogar o deputado contra a opinião pública. Bira saiu bem para não dar a resposta que seria editada e usada de maneira distorcida.

Weverton segue como líder

A bancada do PDT na Câmara Federal reconduziu o deputado Weverton Rocha à liderança da bancada em 2017. O maranhense irá encaminhar os votos dos 21 pedetistas no próximo ano em temas importantes, como a reforma da Previdência. O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou que a recondução de Weverton é um mecanismo para agradecer os importantes trabalhos que o parlamentar maranhense tem realizado à frente da bancada pedetista.

Bacabal sem prefeito

A Justiça Eleitoral decidiu não diplomar nem Roberto Costa nem Zé Vieira para assumir o comando de Bacabal. A juíza Daniela de Jesus Bonfim Ferreira, titular da 13ª Zona Eleitoral informou que a diplomação prevista será nesta quinta-feira (15) apenas vereadores e suplentes eleitos na cidade de Bacabal. A juíza informou que  “o candidato mais votado nas últimas eleições em Bacabal, teve o registro de candidatura indeferido, permanecendo a decisão de indeferimento do registro ainda pendente de trânsito em julgado, em face da interposição de recursos pelo impugnado. Assim, até que haja o julgamento do recurso interposto pelo Tribunal Superior Eleitoral, não haverá proclamação de eleitos e nem diplomação para os cargos de prefeito e vice‐prefeito, no município de Bacabal”. Quem for eleito presidente da Câmara, assumirá a prefeitura interinamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *