Profissionais da educação ocupam a Câmara Municipal

Um grupo de funcionários da cooperativa Multicooper (que só existe no mundo da fantasia) e professores da rede municipal ocuparam a Câmara Municipal de São Luís nesta terça-feira (20). Nesta tarde deveria ser realizada uma audiência pública com representantes da Secretaria Municipal de Educação para discutir os problemas da educação municipal.

Como os representantes da Semed não apareceram e não houve a audiência, os professores resolveram ocupar a Câmara. Informações dão conta de que eles já mandaram buscar tendas para passar a noite no parlamento. Os vereadores Isaías Pereirinha (PSL) e Rose Sales (PCdoB) permanecem no local tentando negociar com os manifestantes. Pereirinha ligou para outros vereadores para que se desloquem para a Câmara e ajudem nas negociações.

“Tratariamos sobre os problemas da educação em geral. Os funcionários da Multicooper estão há cinco meses sem receberem salários, passando por várias privações. cumprimos nosso papel. Mandamos os convites e a Câmara deu toda a estrutura. Mas não apareceu nenhum secretário do prefeito Castelo. Foi um deserespeito”, afirmou a vereadora Rose Sales, autora da preposição. 

A vereadora tenta convencer os manifestantes de que a Câmara fez seu papel e que deixem o parlamento. Mas os manifestantes parecem irredutíveis. 

A crise na educação municipal tomou conta do debate no parlamento na manhã de hoje com duras críticas dos vereadores de oposição Rose Sales e Gerlado Castro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.