Favoritos de Lula terão muita dificuldade

Matéria da Folha de S. Paulo mostra a dificuldade dos candidatos apoiados pelo ex-presidente Lula nesta reta final de campanha. A popularidade de Lula não tem sido transferida para os aliados. O caso de Washington Oliveiras (PT) em São Luís é um deles. Embora o vice-governador tenha melhorado seus índices, as chances de chegar ao segundo turno ainda são difíceis.

Outros candidatos pelos quais o ex-presidente se empenhou estão com dificuldade para chegar no segundo turno. São os candidatos de São Paulo, Belo Horizonte, Campinas (SP), Mauá (SP) e Santo André (SP).

Lula, que havia previsto um périplo por palanques de seis aliados no Nordeste, deicidiu na última semana concentrar esforços na campanha de Fernando Haddad (PT) em São Paulo, que briga com José Serra (PSDB) por uma vaga no segundo turno. Isto frustrou inclusive Washington que não terá o ex-presidente e seu palanque.

Na avaliação da cúpula do PT, que recentemente se reuniu para discutir as eleições, o mau desempenho do partido está ligado em parte ao impacto negativo do julgamento do mensalão, em curso no Supremo Tribunal Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.