Política maranhense em notas

Partidos não querem vereadores de mandato

partidosAs articulações em torno das filiações de candidatos a vereadores em São Luís têm se intensificado. E os vereadores insatisfeitos com suas atuais legendas estão tendo dificuldade de encontrar novos rumos partidários. Poucos partidos têm aceitado filiar vereadores de mandato. O PCdoB já tornou público que não filia. O vereador Pedro Lucas revelou que tem acordo com os novos filiados para não filiar vereadores no PTB. Como o receio tem se repetido em vários partidos, Marquinhos, Ricardo Diniz e Beto Castro – insatisfeitos nas suas legendas atuais – têm tido muita dificuldade para se filiar em outra legenda.

Mais um dia sem sessão na Câmara

camarasaoluisPor falar em Câmara Municipal, lamentavelmente este foi mais um dia sem sessão ordinária por falta de quórum. Embora seja justificável hoje a participação de muitos vereadores no lançamento das obras da Ponte Pai Inácio, não justifica que no mês de agosto, que está terminando, tenham ocorrido apenas duas sessões ordinárias. Nesta segunda-feira (24) 15 vereadores estavam presentes no horário regimental. O quórum para deliberações é de 16 parlamentares.

Novamente a boataria

É chato como sempre que um boato começa a se alastrar pela redes sociais, em especial por grupos de Whatsapp, Blogs dão a “informação” como certa e publicam apenas baseados no que receberam em seus smartphones. Ainda na sexta-feira (21), o boato de que a prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, teria sido presa em Santa Inês se espalhou como pólvora, pela repercussão nacional do caso. Mesmo tendo sido desmentida no sábado (22), até hoje as publicações são compartilhadas nas redes sociais como verdade. Muitos Blogs que publicaram a “barrigada”, até agora não retificaram nem retiraram a postagem. Mesmo sendo lamentável, isso serve para separar o joio do trigo.

PCdoB, PSDB e PDT reforçados

Pres_1Os três grandes partidos da coligação do governador Flávio Dino estão em uma maratona por filiações de peso para as eleições de 2016. A disputa tem sido muito interessante neste período de filiações, com PSDB, PCdoB e PDT filiando os principais pré-candidatos nas cidades grandes e médias do Estado. Os três partidos caminham para terem os prefeitos nas maiores cidades. E o crescimento municipal será fundamental para o crescimento de poder nas eleições estaduais. Apenas neste final de semana, o PCdoB filiou quatro candidatos a prefeito com potencial na Baixada e o PSDB filiou três candidatos e quatro prefeitos de mandato. O PDT terá seu ápice com a filiação do prefeito de São Luís.

PSB ficando para trás 

Enquanto legendas as outras maiores legendas do grupo dinista caminham para g
randes filiações e saírem fortalecidas das urnas em 2016, o PSB, dividido, não consegue atrair filiações. Até prefeitos de médias cidades do partido conversam com outras legendas. Muitas lideranças têm fugido dos socialistas por não terem confiança no projeto do partido e a instabilidade de comando com constante enfrentamento das forças do partidos. O Encontro da legenda dia 29 pode ser um indicativo se o PSB tem condições de dar tranquilidade para garantir filiações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *