Governo prorroga decreto e tem perspectiva de abertura do comércio no dia 5 de maio

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), concedeu uma entrevista coletiva em forma de live anunciando a prorrogação do decreto com medidas restritivas por mais 15 dias.

Pela primeira vez, o governador falou na perspectiva de reabertura logo após esta nova prorrogação. “No que se refere à atividade econômica, atividade comercial, o decreto, no que se refere à Ilha de São Luís, está prorrogado até o dia 5 de maio. Nosso desejo é que no dia 5 de maio haja a retomada de todas as atividades, porém, com normas sanitárias”, informou.

Mesmo se for feita a reabertura, o governador já destacou que será com fortes medidas de higiene e restrição social. “Quero me dirigir especialmente ao empresariado do meu estado, que é muito importante compreender aquilo que estudos científicos do mundo inteiro estão registrando: que a pandemia do coronavírus é de longa duração. Não há previsão quanto ao seu término porque não há remédio e não há vacina neste momento. Provavelmente vamos viver uma batalha que vai se estender por muitos meses e, por isso mesmo, devemos dar as mãos para que as medidas preventivas, em graus diferentes, sejam adotadas”.

Uso obrigatório de máscaras

Outra novidade é que agora será obrigatório o uso de máscaras em locais públicos, ou privados de uso coletivo. O prazo para a adequação destas novas medidas será até o fim desta semana. “Nós estamos autorizando a abertura das lojas que vendem tecidos, para que, com isso, haja o fornecimento de insumos e, com isso, nós consigamos ter o abastecimento do material necessário da fabricação, inclusive caseira”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *