Em mais um gesto pra o Centrão, Aluísio Mendes vira vice-líder do governo Bolsonaro

Em edição extra do “Diário Oficial da União”, o presidente Jair Bolsonaro oficializou a substituição de quatro vice-líderes do governo na Câmara. O governo segue fortalecendo os partidos do Centrão. E neste jogo, quem ganhou força foi o deputado federal do Maranhão, Aluísio Mendes (PSC).

Os deputados Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), Daniel Silveira (PSL-RJ), José Rocha (PL-BA) e Otoni de Paula (PSC-RJ). Além do maranhense, assume os postos Carla Zambelli (PSL-SP), Diego Garcia (Podemos-PR) e Maurício Dziedricki (PTB-RS).

Além de trocar vice-líderes que têm uma atuação tímida em defesa do governo no plenário, o movimento tem como objetivo consolidar a aproximação com legendas do Centrão, que tem demonstrado disposição em defender os interesses do Palácio do Planalto.

Outro fator determinante para a dança das cadeiras foi a decisão de tirar de cena nomes que entram em polêmicas com os outros Poderes em um momento em que o próprio Bolsonaro tenta reconstruir as relações com Legislativo e Judiciário, adotando uma “versão paz e amor”.

Bolsonaro aposta na saída dos mais ideológicos e apostando em nomes mais experientes e moderados, que possam ajudar o líder do governo na Casa, Major Vitor Hugo (PSL-GO), a emplacar pautas defendidas pelo Planalto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *