Carlos Lula descarta suspeita de transmissão local da variante indiana no Maranhão

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula, destacou a suspeita de transmissão local da variante indiana no Maranhão.

“Foram rastreadas e testadas 147 pessoas, das quais 6 testaram positivo para Covid-19 e tiveram amostras enviadas ao IEC. Após análise, o Instituto detectou a P.1 como variante das amostras”, disse o secretário.

No último sábado (22), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse em entrevista à CNN que não havia indicativo de transmissão local da chamada cepa originária da Índia e detalhou as ações do estado para impedir que a variante do coronavírus se espalhe.

Entenda o caso

Na última semana um navio vindo da Malásia foi proibido de atracar na costa do estado após a identificação dessa cepa em seis tripulantes. Um deles, indiano, foi transferido para um hospital na capital São Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *