Justiça suspende licitação de 500 mil cestas básicas com empresa cujo dono foi preso na Lava Jato

A Juíza Titular da 4ª Vara da Fazenda Pública, Oriana Gomes, suspendeu a licitação realizada pelo governo Brandão que pretendia contratar por R$ 36 mil, 500 mil cestas básicas com uma empresa do Rio de Janeiro. Ou seja, cada cesta sairia por R$ 76. Muito mais caro do que a mesma cesta se fosse comprada aqui no Maranhão, que sairia por cerca de R$ 50.

inclusive duas empresas que participaram da estranha licitação ofereceram preços menores para a secretaria estadual de desenvolvimento social, mas tiveram as propostas negadas por meandros do processo (reveja detalhes da estranha licitação).

Vale frisar que a empresa fluminense vencedora da licitação, a Ágile Corp, tem como proprietário o empresário José Mantuano Filho, que já foi preso durante a Operação Lava Jato suspeito de fraudes em licitação.

A juíza determinou multa de R$ 2 mil por dia em caso de descumprimento, além de outros encargos a serem posteriormente arbitrados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.