Vereador Lisboa propõe construção de casas populares na área da Refinaria

lisboaO vereador de São Luís, professor Lisboa, fez a proposição através de indicação, para que sejam construídas casas do programa Minha Casa Minha Vida na área onde seria (ou nunca seria) construída a Refinaria Premium I, em Bacabeira.

Como a Refinaria não virá mais para o Maranhão, ou nunca houve intenção de que ela realmente viesse, e foram gastos milhões com a desapropriação do terreno, o melhor era dar uma utilização que sirva à comunidade de Bacabeira na área.

Além da indicação encaminhada ao Palácio do Planalto, Lisboa já conversou com o senador Roberto Rocha (PSB) e o deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) que acataram muito bem a ideia e tentarão levar a proposição para ser aprovada em Brasília.

5 pensou em “Vereador Lisboa propõe construção de casas populares na área da Refinaria

  1. OK ! MAS O EDIL ESQUECEU DE CONVERSAR COM OS COLEGAS VEREADORES DE BACABEIRA, TAMBÉM-, JÁ BASTA OS TRATORES QUE PELARAM O TERRENO.

    Marco Antonio carvalho Diniz

  2. Para quem prometeu desempenhar o melhor mandato dos últimos anos na Câmara Municipal. Na prática tem demonstrado estar muito aquém do prometido.
    Que aprovações louváveis o inexpressivo parlamentar tem conseguido obter?

    Qual contribuição significativa tem produzido em respeito ao cidadão ludovicense e ao cargo que ocupa?

    Prometer é não Cumprir… Não é novidade alguma em matéria politicagem.

    O vereador do blá… blá… blá… Fala… Fala… E nada…
    Adepto do discurso Politicamente Corretor. Não converter discurso em práxis.

  3. Para quem prometeu desempenhar o melhor mandato dos últimos anos na Câmara Municipal. Na prática tem demonstrado estar muito aquém do prometido.

    Que aprovações louváveis o inexpressivo parlamentar tem conseguido obter?

    Qual contribuição significativa tem produzido em respeito ao cidadão ludovicense e ao cargo que ocupa?

    Prometer é não Cumprir… Não é novidade alguma em matéria politicagem.

    O vereador do blá… blá… blá… Fala… Fala… E nada…
    Adepto do discurso Politicamente Correto. Porém, não sabe converter discurso em práxis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *