Prefeitura sorteia endereços de mais 944 unidades do Minha Casa, Minha Vida

sorteiominhacasaA Prefeitura de São Luís realizou nesta quarta-feira (18) sorteio dos endereços das famílias contempladas com unidades habitacionais do Residencial Vila Maranhão, na zona rural da capital. O projeto é executado pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” (MCMV). Foram sorteados os endereços de 944 apartamentos das etapas I, II, III e IV, em ato ocorrido no ginásio do Parque Bom Menino, com a presença de beneficiários do programa.

O secretário municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), Diogo Lima, informa que, com a entrega das unidades do Residencial Vila Maranhão, a Prefeitura de São Luís conclui a entrega de todos os empreendimentos pertencentes à 1ª e 2ª fase do Minha Casa, Minha Vida. Ao todo já foram entregues 9.495 unidades habitacionais na capital maranhense. “Esta é a prova do compromisso do prefeito Edivaldo em reduzir o déficit habitacional em São Luís. Concluímos aqui mais uma etapa exigida pelo programa Minha Casa, Minha Vida, agraciando mais famílias ludovicenses com um benefício primordial à sua dignidade, que é ter a moradia própria. Desta forma, consolidamos a plena execução do programa na capital”, disse secretário Diogo Lima.

O titular da Semurh informa ainda que a etapa seguinte, antes dos beneficiários do Residencial Vila Maranhão receberem seus imóveis, é a realização da vistoria do empreendimento e, posteriormente, a assinatura dos contratos, marcada para acontecer na segunda quinzena do próximo mês.

16854_5334_minha_casa_minha_vida_vila_maranhao_130814_foto_a.baeta_77Ele esclarece que os beneficiários que não compareceram ao Parque Bom Menino para o sorteio formal das unidades devem procurar a Central do “Minha Casa, Minha Vida”, a partir das 10h da próxima segunda-feira (23), na Avenida Marechal Castelo Branco, sede da Semcas, no São Francisco, ou acessar o Portal de Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), onde estará disponibilizada a listagem dos endereços.

O procedimento de vistoria é uma exigência do governo federal antes da entrega das chaves, para que o futuro morador faça a verificação in loco da estrutura e do acabamento das habitações que vão receber e constate que estão conforme o projeto. “Sem a vistoria, o beneficiário não assina o contrato”, enfatizo Diogo Lima.

Já foram entregues pela Prefeitura 3 mil unidades do Residencial Ribeira I a IX; 1.600 casas do Residencial Amedoeira; mil habitações do Luiz Bacelar I e II; 992 apartamentos do Recanto Verde, 247 do Residencial São José V; 496 apartamentos do Piancó VII e VIII; e 720 casas do Residencial Santo Antônio.

Minha Casa: Prefeitura convoca para assinatura de contratos do Residencial Luiz Bacelar

minha-casa-minha-vida-fase-2A Prefeitura de São Luís convocou os beneficiários do programa federal “Minha Casa, Minha Vida” do Residencial Luiz Bacelar 1 e 2, para assinatura de contrato de financiamento de imóvel junto à Caixa. O atendimento será realizado em duas etapas, na segunda-feira (21), para beneficiários do Residencial Luiz Bacelar 1 e, na terça-feira (22), para beneficiários do Residencial Luiz Bacelar 2.

A assinatura será na Central de Atendimento Social do Minha Casa Minha Vida, localizada na Avenida Castelo Branco, s/n – São Francisco das 8h às 16h. No ato, os sorteados deverão apresentar documento de identificação.

Confira a lista dos beneficiários convocados abaixo:

Beneficiários do Residencial Luiz Bacelar 1

Beneficiários do Residencial Luiz Bacelar 2

Pré-vestibular gratuito para beneficiários do Minha Casa Minha Vida

Secretário Diogo Lima anuncia ações em favor dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida

Secretário Diogo Lima anuncia ações em favor dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida

Mais um compromisso de campanha do prefeito Edivaldo sendo cumprido. A prefeitura irá oferecer curso pré-vestibular focado na preparação para o ENEM para adolescentes beneficiados pelo Minha Casa Minha Vida, gratuitamente, incluindo o material didático.

O curso está inserido no Trabalho Social do Residencial Ribeira, lançado neste final de semana. O Trabalho Social consiste em um conjunto de ações de caráter informativo e educativo, que promove o exercício da participação cidadã, favorece a organização da população, a gestão comunitária dos espaços comuns e geração de renda.

As ações desenvolvidas são orientadas à qualificação de mão-de-obra e geração de renda e focados em todas as faixas etárias serão ofertadas simultaneamente. Cursos de informática, corte e costura, artesanato em sandália, pintura em tecido, reciclagem, empreendedorismo, cuidados com crianças e idosos compõem parte oferta  de mais de duzentas atividades à disposição do público alvo.

Para crianças, estão previstas aulas de música, português, inglês, matemática e oficinas de leitura, de artes, de brincadeiras tradicionais e de roda, de confecção de pipas, entre outras atividades focadas em propiciar um ambiente de aproximação e interesse pelo estudo.

Segundo a Superintendente de Habitação, Gabriela Melo, o protagonismo do curso preparatório para o ENEM, além de representar o cumprimento de um compromisso do Prefeito Edivaldo, assenta-se em critérios técnicos: “Decidimos pelo curso a partir da análise dos questionários socioeconômicos, onde constamos um número elevado de jovens que estão concluindo o ensino médio ou já concluíram, como também pessoas que já terminaram os estudos há algum tempo, mas anseiam adentrar ao ensino superior. A proposta do preparatório é agregar conhecimento e dá maior oportunidade do ingresso a universidade”.

Para o Secretário Municipal de Urbanismo e Habitação, Diogo Lima, “o início deste grande projeto social demonstra o empenho da gestão do Prefeito Edivaldo em propiciar o desenvolvimento social da cidade de São Luís, incluindo ao maior projeto de moradia popular da história do país, oportunidades efetivas de transformação da vida dos beneficiários, a partir de cursos que possibilitem um incremento da renda familiar e de oficinas que incluem as crianças em ricas experiências pedagógicas”.

Após o lançamento no Residencial Ribeira, há a expectativa do início das atividades no Residencial Piancó, a partir do mês de outubro. Todos os residenciais do Programa Minha Casa Minha Vida serão beneficiados pelas atividades do projeto.

“Minha Casa”: Prefeitura convoca para sorteio de endereços do Residencial Santo Antônio

minha-casa-minha-vida-fase-2A Prefeitura de São Luís convoca os sorteados do programa “Minha Casa, Minha Vida” do Residencial Santo Antônio a participarem do sorteio dos 720 endereços do empreendimento. O sorteio será nestas quinta-feira (25) e sexta-feira (26), das 9h às 13h, na Escola de Governo e Gestão Municipal (Eggem), localizada na Rua das Andirobas, nº 26, Renascença.

Prefeitura de Caxias convoca 50 suplentes do Minha Casa Minha Viva

minha-casa-minha-vida-fase-2Em relação às mil Unidades Habitacionais do Empreendimento Vila Paraíso blocos “A” e “B”, a Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan) convoca os suplentes do 351º ao 400º, sorteados no último dia 12 de julho de 2013, a apresentarem documentação.

Os suplentes devem comparecer à sede da Seplan, situada na Avenida Volta Redonda, 1.600, bairro Volta Redonda, munidos da documentação exigida, conforme ordem e lista de chamada a seguir:

ORD NOME ENDEREÇO
351 TIARA CRISTINA SOUSA ARAUJO TRAV:RIO BRANCO 2213
352 ANTONIA MARIA ALVES DA SILVA  RUA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, 287
353  ADRIANA DOS SANTOS MORAIS RUA PIRAPEMAS Q 01 CASA 05
354 MARIA DE JESUS CENA CASTRO   RUA ALUIZO LOBO
355 LILIAN DA SILVA MENEZES RUA 13 DE MAIO Nº 1399
356  JOHNATANDASILVATRINDADE RUADAIGREJA4045A
357  LIOZANE PEREIRA DA SILVA SANTOS TRAVESSA CRISTINO GONCALVES N° 2041
358  MARIA APARECIDA RODRIGUES   TRAV.PROF. MARINALVA SOARES 1265
359  ANA CAROLINA VIANA MACHADO TRAVESSA BELA VISTA
360  MARIA DO CARMO ROCHA TRAVESSA SÃO JOSE N° 750 A
361  GLORIA CARVALHO CRUZ SILVA   RUA GONÇALVES DIAS QUADRA C CASA 12
362  DAVID WILKSON DA SILVA COSTA  AVENIDA BEIJA FLOR, QUADRA B CASA, 29
363 CINTIA RAYNNARA BELCHIOR DE OLIVEIRA DO CARMO  AV.ALVORADA N=536
364  SEBASTIANA ALMEIDA SILVA / RUA SAO PEDRO NUMERO 707
365  EURENILDE GAMA GOIS RUA COHEB N°1175
366  ROSÃNGELA DE SOUSA SANTOS   RUA 12 CASA514
367  JANETE GONÇALVES DOS SANTOS  AVENIDA BURITI BRAVO, 81
368  JOELMA ROCHA MEDEIROS DA SILVA   2ª TRAVESSA DO FIO, 758
369  MARIA FRANCISCA DOS SANTOS   RUA RITA QUEIROZ
370  ARLETE DOS SANTOS OLIVEIRA PESSOA   TRAVESSA RIO BRANCO
371  ROSANI SOBRAL SANTANA TEIXEIRA TRAVESSA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, 1143
372  LOZIMAR PAIVA ANDRADE RUA DO CAJUEIRO, 729
373  FRANCISCA KALYNE FERNANDES SEGUNDA TRAVESSA DO ANGELIM, 508
374 HELTON DA SILVA SOUSA  TRAVESSA JANES QUADRO 658
375  CLEANE NUNES DA CONCEIÇÃO   TRAVESSA MOCAMBINHO, 70
376  GILDEVAN CUNHA DE SOUSA TRAV.JERUSALEM
377 VALDENICE DA CONCEICAO SILVA DO NASCIMENTO RUA DO FIO S/N
378  IONETE AGUIAR 74 RUA DA PEDREIRA, 1185
379  SILVANA ARAUJO MORAIS RUA PROFESSOR LEONCIO MAGNO Nº 1445
380  ELDENUCIA DE JESUS SILVA TRAVESSA RIO BRANCO, 2103
381  MARIA RODRIGUES DA CONCEIÇAO AVENIDA BENJAMIM CONSTANT, 1486
382  ROSEANE DA SILVA SANTOS RUA DA BAIXINHA N 412
383  MARIA DAS GRAÇAS DOS SANTOS OLIVEIRA RUA SANTA RITA, 766
384  ELIANE PEREIRA II TRAVESSA BELA VISTA, 993
385  ANA PAULA DA SILVA SOUSA RITA CENTRO DE SANTA
386  FRANCIDALVA SILVA DOS SANTOS TRAVESSA PRIMEIRO DE AGOSTO
387  ROSIVANIA SILVEIRA DE ARAUJO /  TRAVESSA WILTON LOBO, 1222
388  MARIA DA LUZ TRINDADE MENDES /  RUA SAO JOSE 344
389  MARIA ELIEUDES ALVES DA CRUZ AVENIDA SANTOS DOMONT 724
390  JOSELI TEIXEIRA DE SANTANA AV 06 QD 14 CASA 04
391 391 ELDIANE DA CONCEIÇÃO DA SILVA RUA DA IGREJA
392  MARIA IVONETE DE FREITAS DOS SANTOS RUA PRINCESA ISABEL – Nº 1467
393  ANA CLAUDIA VALE CAVALCANTE RUA ANTONIO PEREIRA NETO,314
394  MARIA LEUDINALVA SILVA PINTO TRAVESSA MUCAMBINHO 106
395  JORGE BARROS JÚNIOR SEGUNDA TRAVESSA DO FIO 619
396  IRACILDA MORAIS BRITO SOARES POVOADO LAGOA DO MATO
397  FRANCISCO DAS CHAGAS DOS SANTOS SILVA TRAVESSA DO FIO IIINUMERO 753
398  EUDIVANIA DA CONCEICAO RUA 11, QUADRA 13 CASA 03
399  MARIA DO ESPIRITO SANTO RODRIGUES DO N. CONCEICAO POV. S RITA – 1º DIST
400 ANTONIA DOS SANTOS CHAGAS RUA05 N486

 

Dia 18/06/2015 – das 08h00 às 11h30 e das 14h00 às 17h30 – Etapa 4 Suplentes: do 351º ao 400º colocado, conforme lista dos sorteados divulgada.

A Seplan ressalta que estão sendo convocados os sorteados na categoria “suplente”, do 351º a 400º, para que apresentem a documentação de acordo com as regras do Programa Minha Casa Minha Vida, para comporem uma lista de espera em virtude de alguns dos possíveis beneficiários não estarem resolvendo suas pendências, após análises dos dossiês pelo Banco do Brasil.

O não comparecimento ou não entrega da documentação exigida, de forma justificada, no prazo de dois dias úteis, caracterizará desistência, autorizando a Seplan a convocar novos suplentes de acordo com a ordem de sorteio.

Prefeitura convoca 2.200 sorteados do MCMV para assinatura de contrato

Residencial Ribeira é composto por 3 mil unidades entre casas e apartamentos

Residencial Ribeira é composto por 3 mil unidades entre casas e apartamentos

A Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais de Urbanismo e Habitação e da Criança e Assistência Social, convoca os sorteados para assinatura de contratos do Residencial Ribeira. Entre os dias 13 e 23 de abril, das 9h às 16h, serão assinados 2.220 contratos na Escola de Governo e Gestão Municipal (Eggem), localizada na Rua das Andirobas, nº 26, Bairro Renascença. O empreendimento faz parte do Programa “Minha Casa, Minha Vida” (MCMV) do governo federal, com financiamento da Caixa Econômica.

O Residencial Ribeira é localizado na BR-135 (com acesso no km 5) e é composto por 3 mil unidades entre casas e apartamentos. O empreendimento beneficiará uma média de 10.950 pessoas. O Residencial contará com equipamentos sociais de educação, saúde e lazer. O secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Diogo Lima, afirmou que a contratação dos equipamentos urbanos foi uma determinação do prefeito Edivaldo.

“Quando houve a contratação do Residencial Ribeira não existia obrigatoriedade de contratação de equipamentos urbanos. Porém, por determinação do prefeito Edivaldo, nós realizamos um trabalho junto às empresas responsáveis pela construção desse empreendimento e conseguimos a doação de terreno que comportará duas escolas de ensino fundamental com 12 salas de aula e duas creches. A previsão é que tais espaços de educação sejam construídos no segundo semestre deste ano”, pontuou.

A construção de uma praça com quadra poliesportiva e posto policial, edificados com recursos do governo federal, está em fase de conclusão. Além disso, mais três praças menores serão distribuídas pelo conjunto, construídas com recursos de Operações Urbanas da Semurh. No âmbito da saúde, a Prefeitura está realizando a reforma do Atendimento Médico Ambulatorial (AMA), localizado no Maracanã, com capacidade de atendimento mensal de até 9 mil pessoas, funcionando 24 horas por dia.

“Além desses equipamentos urbanos já mencionados, o conjunto já conta também com linha de ônibus. A entrega do Ribeira representa, além da construção de moradias dignas, uma nova etapa na expansão da cidade de São Luís”, finalizou o Secretário Diogo Lima. A entrega das chaves será realizada no dia 27 de abril, no Residencial Ribeira.

A assinatura dos contratos será realizada de acordo com o cronograma abaixo.

Segunda-feira (13) – Ribeira 5 – 300 unidades habitacionais
Terça-feira (14) – Ribeira 6 – 300 unidades habitacionais
Quarta-feira (15) – Ribeira 1 e 2 – 472 unidades habitacionais
Quinta-feira (16) – Ribeira 7 – 480 unidades habitacionais
Sexta-feira (17) – Ribeira 8 – 448 unidades habitacionais
Quarta-feira (22) – Ribeira 3 – 220 unidades habitacionais
Quinta-feira (23) – Assinatura dos remanescentes
Sexta-feira (24) – Assinatura dos remanescentes

MPF pede investigação de irregularidades do Minha Casa Minha Vida em Bacabal

Prefeito Zé Alberto: casas entregues em péssimo estado à população

Prefeito Zé Alberto: casas entregues em péssimo estado à população

A Procuradoria da República no Município de Bacabal (PRM/Bacabal) pediu a abertura de inquérito civil para apurar possíveis irregularidades na construção das casas dos Residenciais Terra do Sol I, II, III, IV e V em Bacabal (MA). Será averiguado a responsabilização da União, da Caixa Econômica Federal, do Município de Bacabal e da empresa Dimensão Engenharia e Construção Ltda..

Os problemas foram denunciados pela Associação de Moradores dos Residenciais Terra do Sol I, II, III, IV e V, beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida, onde relatam frequente estouro e vazamento das fossas sépticas construídas, provocando problemas de ordem estrutural e sanitária das residências.

O procurador da República Hilton de Melo solicita ainda que a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil realize a vistorias dos residenciais supracitados para verificar possíveis riscos à segurança das famílias beneficiárias do programa. A PRM/Bacabal requer ainda que, no prazo de dez dias, a Caixa Econômica Federal e a empresa Dimensão Engenharia Construção Ltda. se manifestem sobre a denúncia de irregularidades dos imóveis do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Vereador Lisboa propõe construção de casas populares na área da Refinaria

lisboaO vereador de São Luís, professor Lisboa, fez a proposição através de indicação, para que sejam construídas casas do programa Minha Casa Minha Vida na área onde seria (ou nunca seria) construída a Refinaria Premium I, em Bacabeira.

Como a Refinaria não virá mais para o Maranhão, ou nunca houve intenção de que ela realmente viesse, e foram gastos milhões com a desapropriação do terreno, o melhor era dar uma utilização que sirva à comunidade de Bacabeira na área.

Além da indicação encaminhada ao Palácio do Planalto, Lisboa já conversou com o senador Roberto Rocha (PSB) e o deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) que acataram muito bem a ideia e tentarão levar a proposição para ser aprovada em Brasília.

Prefeitura finaliza nova etapa do “Minha Casa, Minha Vida” no Piancó

Residencial_Pianco_Foto_MauricioAlexandre (2)A Prefeitura de São Luís avança em mais uma etapa do Programa Minha Casa Minha Vida. Está em fase final o processo para a entrega de quase 500 moradias do Residencial Piancó. Além de realizar a entrega de 6,5 mil unidades residenciais e a construção de 8 mil moradias, a Prefeitura garantiu em abril deste ano a construção de mais 5 mil novas unidades habitacionais. Para o prefeito Edivaldo, os avanços representam uma conquista da administração municipal.

“Podemos dizer que temos hoje o maior programa habitacional da história de nossa cidade. Muitos outros sorteios de casas e apartamentos ainda virão. Nossa meta é oferecer equipamentos urbanos, como escolas e hospitais, que garantam a qualidade de vida. É isso que motiva a nossa gestão”, declarou Edivaldo.

Para este mês, está prevista a entrega de mais uma etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV). Pelo menos 496 unidades habitacionais deverão ser entregues no Residencial Piancó. Os futuros moradores serão contemplados com uma escola já construída, além de unidade básica de saúde. Garantir o bem estar dos moradores e atender à população dos novos conjuntos habitacionais com a instalação de equipamentos públicos de educação, saúde e lazer faz parte da política de governo do prefeito Edivaldo.

Com a garantia das novas unidades residenciais serão construídos os residenciais Mato Grosso e Morada do Sol. Os empreendimentos foram viabilizados pela Prefeitura junto ao Ministério das Cidades, por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e estão com entrega prevista para 2015.

Desde o inicio da gestão, já foram entregues os empreendimentos São José 1, 2, 3 e 4; Recanto Verde; Nova Aurora; Pitangueiras e Sítio Natureza, totalizado mais de 6,5 mil moradias. Já o Residencial da Ribeira, com três mil moradias, está em fase final com entrega prevista até o final deste ano.

O titular da Secretaria de Urbanismo e Habitação (Semurh), Diogo Lima, ressaltou que o Programa “Minha Casa, Minha Vida” teve avanços significativos em São Luís durante a gestão do prefeito Edivaldo. “Em 2013, foram contratadas mais unidades habitacionais que nos últimos quatro anos anteriores. A construção dos conjuntos habitacionais movimenta a nossa economia, gera oportunidades de emprego e, portanto, geração de renda”, observou o secretário.

Gestão Edivaldo está dando oportunidade de moradia aos ludovicenses

Mais uma entrega de chaves do "Minha Casa Minha Vida"

Mais uma entrega de chaves do “Minha Casa Minha Vida”

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior conseguiu fazer com o que programa Minha Casa, Minha Vida tivesse uma implementação recorde em São Luís no ano passado. Além de assegurar as condições para a entrega de 6500 unidades e de estar no momento construindo 8 mil, a Prefeitura de São Luís contratou ano passado mais de dez mil unidades habitacionais.

“É um grande avanço, uma grande conquista. Não podemos perder as oportunidades que as parcerias com o governo federal propiciam. Podemos dizer que temos hoje o maior programa habitacional da história de nossa cidade”, comemora Edivaldo Holanda Júnior.

Os números apresentados pela Secretaria de Urbanismo e Habitação justificam a avaliação do prefeito. “Ainda temos em análise três mil unidades e uma grande expectativa de que sejam aprovadas”, informa o Secretário da pasta, Diogo Lima. Para se ter uma idéia, diz Diogo, “em 2013 foram contratadas mais unidades habitacionais que nos últimos quatro anos anteriores”.

CONTEMPLADOS

No início deste mês, 1.400 sorteados no programa Minha Casa Minha Vida, participantes do primeiro e segundo sorteios, foram convocados pela Prefeitura para regularização de documentação. Os convocados devem comparecer à Central de Atendimento Social (localizada no São Francisco), das 8h às 16h, portando todos os documentos pessoais e de seus dependentes. Com a regularização cadastral, os sorteados serão encaminhados para os novos empreendimentos já em construção (Santo Antônio I e II, Vila Maranhão, Amendoeira e Luís Bacelar).

A diretriz dada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior foi de assegurar a entrega das unidades que estão sendo concluídas para as pessoas que já foram sorteados e ainda não receberam seus imóveis. “Agimos com total transparência para recuperar a credibilidade do programa, entregando as casas e apartamentos para aquelas famílias que foram sorteadas”, assegurou o prefeito. “Novos sorteios só após conseguirmos contemplar todo o cadastro que hoje dispomos”, completou.

MERCADO

O volume de investimentos na área é um dos fatores de aquecimento da economia na área da construção. “A construção dos conjuntos habitacionais movimenta a nossa economia, gera oportunidades de emprego e, portanto, geração de renda”, salienta Diogo.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Ainda na área de habitação, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregou 757 títulos de propriedade para moradores da área do Coroadinho. Uma nova frente de entrega de títulos de propriedade ocorrerá no Itaqui-Bacanga, abrangendo os bairros Vila Mauro Fecury I e II, Vila Nova, Ilha da Paz, Vila Ariri e Vila São Raimundo, na área pertencente ao município. Já está garantida a regularização de outros 300 títulos aos moradores dos bairros Mauro Fecury I e Vila Nova e de 100 títulos às famílias da Mauro Fecury II. A meta do prefeito Edivaldo é entregar até o final do seu mandato 10.000 títulos de propriedade de terra, por meio do projeto Minha Casa é Legal.