Diretores de Pedrinhas envolvidos em vídeo contra Flávio Dino são afastados

pedrinhasA Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão informou que Carlos Aguiar, diretor da CCPJ, e Elenilson Araújo, diretor administrativo, foram afastados até que as investigações sobre o vídeo produzido contra Flávio Dino sejam concluídas. Segundo a Sejap, a governadora também determinou que a Corregedoria da secretaria e a Superintendência de Investigações Criminais (Seic) a abrirem sindicância. A Polícia Federal já estava apurando o caso por solicitação do candidato do PCdoB.

Em depoimento à polícia, o presidiário André Escócio de Caldas, admitiu que recebeu promessa de vantagens para incriminar o candidato. A gravação foi exibida nas emissoras de rádio e TV da família de Lobão Filho (PMDB) e em blogs aliados à sua candidatura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.