Marcelo Tavares: “vamos tentar colocar em funcionamentos os muitos hospitais apenas inaugurados”

marcelotavaresO presidente da comissão de transição do governo Flávio, Marcelo Tavares, criticou duramente o sistema de saúde do estado, diferente do que foi tentado passar pelo sistema Mirante, Marcelo durante entrevista após a primeira reunião com a secretária da Casa Civil, Anna Graziella, afirmou que o novo governo tem pressa para verificar os problemas e, na saúde, ainda analisará o que fazer com as muitas obras inacabadas e tentará por em funcionamento os hospitais que só tiveram inauguração e nunca atenderam.

“Em saúde, acho que a gente não vai dar conta inicialmente, que tem muita coisa inacabada. Não é nossa prioridade. Vamos neste primeiro momento, manter em funcionamento os hospitais que foram entregues, porque temos que dar continuidade administrativa. Vamos tentar colocar em funcionamento os hospitais que foram inaugurados e não funcionam, e são muitos. Em Bacurituba, o hospital foi entregue pela governadora há 60 dias e não funciona por falta d’água. E os demais, em obras, vamos analisar o que fazer para concluí-los. A intenção do novo governador é entregar todas as obras inacabadas”, afirmou.

Marcelo afirmou ainda que a preocupação do novo governo é grande quanto à crise penitenciária, por isso, estas serão obras que a equipe do novo governo irá visitar. “Estamos muitos preocupados com a situação penitenciária. Algumas das obras que temos interesse em visitar, dizem respeito às penitenciarias. Estamos muito preocupados com isso. Precisamos ter um controle maior da crise penitenciária que já dura muito tempo no estado”.

Confira a íntegra do áudio da entrevista concedida por Tavares à rádio Mirante:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *