Sob gestão Paula, educação de Paço tem o maior crescimento de IDEB na Grande Ilha

Prefeita Paula vistoria obras em escola de paço do Lumiar

Neste ano, Paço do Lumiar atingiu a nota 5.6 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) nos anos iniciais. Esta nota ultrapassa a meta do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) de 2019, que previa nota 5.2, e de 2021, que previa nota 5.5. É um ótimo resultado da gestão da prefeita Paula.

O município saiu de uma média 5.0, em 2017, para a nota atual e está em sexto lugar no ranking maranhense, empatando com São José de Ribamar e, inclusive, ultrapassando a capital São Luís, que tem nota 5.1.

Vale destacar que Paço obteve o maior crescimento do IDEB na Grande Ilha. As escolas luminenses que tiveram o melhor desempenho foram Lêda Tajra e Sagrada Família, ambas com nota 6.4, ultrapassando a meta nacional para 2021, que é de 6.0.

Pelo instagram, a prefeita celebrou o feito.

“Esse é o resultado de um trabalho comprometido, em parceria com o governador Flávio Dino, priorizando a estruturação do nosso sistema educacional, com a reforma de mais de 20 escolas, a valorização e a formação dos nossos servidores”, afirmou.

Jeisael oficia TV Mirante para participar do debate da emissora

O candidato à prefeitura de São Luís, Jeisael Marx, esteve na TV Mirante na tarde desta quinta-feira (17) acompanhado de seus advogados para protocolar a solicitação da Rede Sustentabilidade para que ele participe do debate promovido pela emissora com os candidatos que disputam a sucessão do prefeito Edivaldo.

A Rede tem convicção de que Jeisael tem pleno direito de participar de todos os debates de acordo com a legislação eleitoral. De acordo com a Lei nº 9.504/1997, art. 46, caput, deve ser assegurada a participação de candidatos dos partidos com representação no Congresso Nacional, de, no mínimo, cinco parlamentares.

A Rede elegeu em 2018 seis parlamentares no Congresso, sendo cinco senadores e uma deputada federal. Randolfe Rodrigues (AP), Fabiano Contarato (ES), Flávio Arns (PR), Capitão Styvenson (RN), Alessandro Vieira (SE), além da deputada federal Joenia Wapichana (RR).

A diretora de jornalismo da TV Mirante, Eveline Cunha, recebeu a solicitação e afirmou que encaminharia ao jurídico emissora para que fossem definidas as soluções.

Polícia Civil cumpre mandados contra Beto das Vilas

A Polícia Civil do Maranhão cumpriu, na manhã desta quinta (17), a Mandados de Busca e Apreensão contra servidores da Câmara dos Vereadores de São José de Ribamar, do diretor administrativo e do presidente, Beto das Vilas (PV). A operação foi realizada pela Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor/PCMA).

Todos os alvos da operação são suspeitos de integrar uma quadrilha de fraudes licitatórias e peculato. De acordo com as investigações, as irregularidades teriam levado um prejuízo de mais de R$ 300 mil aos cofres públicos. Os mandados foram expedidos pelo juiz Francisco Ferreira de Lima, da Central de Inquéritos da capital.

A decisão do magistrado determinou a proibição de acesso dos investigados às dependências da Câmara, e a suspensão do exercício de suas funções públicas, por tempo indeterminado, sob pena de decretação de prisão, em caso de descumprimento.

Silvio Antônio e Madeira fecham ciclo de convenções em São Luís

Silvio Antônio disputa pelo PRTB

Os dois últimos candidatos a prefeito de São Luís realizaram suas convenções nesta quarta-feira (16), encerrando este ciclo e definindo os 12 candidatos que disputarão a sucessão de Edivaldo Holanda Júnior.

A convenção do PRTB no Hotel Abeville, homologou uma candidatura quase que de última hora, que estava passando despercebida pela imprensa. O Apóstolo Silvio Antônio foi confirmado como candidato a prefeito tendo Ana Célia como vice. Ele afirmou que o objetivo do seu projeto é representar a direita na capital maranhense.

“Estava faltando essa figura nas eleições municipais. Representar o presidente Bolsonaro e o vice Mourão”, afirmou.

Carlos Madeira, que não esteve pessoalmente na convenção por estar em recuperação de covid-19, vai disputar pelo Solidariedade

A convenção do Solidariedade foi realizada de forma híbrida porque o agora candidato Carlos Madeira se recupera da covid-19 e participou por videoconferência.  Madeira disse que a vida deu a ele “uma nova oportunidade”, ao fazer referência à luta que trava contra a Covid-19. “É como se eu estivesse nascido de novo, depois de alguns dias internado no tratamento do coronavírus”, afirmou.

A convenção homologou o nome dele e do Capitão Jeremias como candidatos a prefeito e vice-prefeito de São Luís pelo Solidariedade.

Candidatos

Assim, foram oficializados e disputam a prefeitura de São Luís 12 candidatos: Adriano Sarney (PV), Bira do Pindaré (PSB), Carlos Madeira (Solidariedade), Duarte Júnior (Republicanos), Eduardo Braide (Podemos), Franklin Douglas (PSOL), Hertz Dias (PSTU), Jeisael Marx (Rede), Yglésio Moyses (PROS), Neto Evangelista (DEM), Rubens Júnior (PCdoB) e Silvio Antônio (PRTB).

PCdoB indica Fredson para vice de Igor Diniz em Bequimão

O vereador e vice-presidente da Câmara Municipal, Fredson (PCdoB) será o candidato a vice-prefeito na chapa liderada por Igor Diniz (PSD), na disputa pela prefeitura de Bequimão.

A aliança entre os partidos foi homologada na convenção do PCdoB, realizada nesta quarta-feira, 16, na escola Nizael Costa, no povoado Jacioca.

Com o apoio do partido do governador Flávio Dino, a candidatura do PSD reúne três legendas de oposição no município. O PDT, liderado pelo ex-prefeito Antônio Diniz também integra a coligação majoritária.

A aliança teve a articulação decisiva do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto, o presidente do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry, e o secretário adjunto de Radiodifusão, jornalista Robson Paz.

Justiça Eleitoral cancela convenção que seria realizada no meio da rua em Arari

Rui Filho queria transformar convenção em comício.

O candidato a prefeito de Arari, Rui Filho, apoiado pelo prefeito da cidade, Djalma Melo, estava com tudo pronto para realizar sua convenção eleitoral no meio da rua (na Avenida Hoendel Haydel) nesta quarta-feira (16).

Logicamente, a Justiça Eleitoral não permite a transformação de uma convenção em comício realizado em via pública. “A realização de evento de convenção em via pública, com montagem de estrutura de som e de palco característicos de comício, configura, a priori, propaganda eleitoral extemporânea, sujeitando o infrator às penalidades previstas na legislação eleitoral”, afirmou o juiz Luís Emílio Braúna na decisão que proibiu a convenção na rua.

Estrutura montada no meio de uma avenida para realizar convenção.

Desobediência à Justiça

O pré-candidato deu de ombros para a decisão judicial e realizou a convenção no meio da via pública na noite desta quarta-feira (16) com o apoio do atual prefeito de Arari.

Duarte Jr. pede desculpas por aglomeração promovida em sua convenção

Repercutiu muito mal em toda a sociedade ludovicense as gigantescas aglomerações promovidas pelos mais endinheirados candidatos a prefeito de São Luís. Pelo menos quatro convenções foram alvo de muitas críticas: de Duarte Jr., Neto Evangelista, Eduardo Braide e Rubens Pereira Júnior. As quatro desobedeceram o decreto do governo do estado em vigor que estabelece o limite de 100 pessoas para eventos. Com pessoas muito próximas e algumas até sem máscara. As convenções de Eduardo Braide e Rubens Júnior foram, inclusive, em ambientes fechados.

O candidato Duarte Jr. foi o primeiro a reconhecer o erro e pediu desculpas a seus eleitores que cobraram muito nas suas redes. Ele disse que o caso servirá de exemplo para os próximos atos de campanha, que devem limitar a entrada de pessoas.

Vale lembrar que Duarte não usou máscara em momento algum da convenção e ainda beijou participantes.

Carlos Lula diz que fiscalização sanitária de atos de campanha depende de MP Eleitoral e Justiça Eleitoral

O secretário estadual de saúde, Carlos Lula, se manifestou nesta quarta-feira nas redes sociais sobre a falta de respeito às normas de combate à covid-19 em atos de campanha eleitoral. Repercute muito na sociedade as gigantescas aglomerações promovidas nas convenções eleitorais.

Segundo o secretário, A eleitoral (lei 9.504/97) prevê uma série de garantias para que atos de propaganda não sejam interrompidos pela Administração Pública. “O objetivo da legislação é correto: impedir que haja acusação de interferências políticas em atos de fiscalização. Por isso, não cabe ao Poder Executivo tal atuação, e sim ao Poder Judiciário e ao Ministério Público”, afirmou.

Deste modo, ele disse que a vigilância sanitária estadual só pode agir em atos de campanha quando for requisitada pelo Ministério Público Eleitoral e pela Justiça Eleitoral.

O secretário afirmou por fim que o secretaria irá atuar na campanha publicando os atos normativos relacionados à covid-19 atendendo recomendação do TRE-MA e da  Procuradoria Regional Eleitoral.

Em entrevista ao programa Os Analistas, no dia 17 de agosto, quando foi interpelado se a responsabilidade seria do Ministério Público Eleitoral nas questões de campanha envolvendo fiscalização de normas sanitárias, o Procurador Regional Eleitoral, Juraci Guimarães, dissse que a responsabilidade é da secretaria de saúde. “Não é porque é um ato eleitoral, que eu afasto todos os outros ilícitos que incidam sobre ele. O sujeito não pode chegar armado em um comício? Pode fazer ato de campanha em uma zona de preservação ambiental? Então, cabe a cada órgão específico a fiscalização. Neste caso, à vigilância sanitária”.

Convenção do PSB confirma Rosi Vicentini como vice de Marco Aurélio em Imperatriz

O Partido Socialista Brasileiro (PSB), confirmou durante sua convenção na última segunda-feira (14) o apoio da sigla ao nome do deputado estadual Marco Aurélio para a prefeitura Municipal de Imperatriz. A advogada Rosi Vicentini, presidente municipal do PSB, foi confirmada como a vice na chapa de Marco.  A convenção homologou ainda a pré-candidatura à Câmara dos Vereadores de 19 nomes do partido.
Marco Aurélio exaltou o nome de sua vice. “Não se trata apenas de uma aliança política. É uma união de ideal, de causas e de lutas. A Rosi Vicentini representa a afirmação de toda a luta que ela tem, que nós temos e de tudo que representa ser uma mulher”, afirma Marco Aurélio.
Rosi Vicentini foi candidata a deputada estadual em 2014 e é representativa do grupo de oposição à família sarney em Imperatriz pois deu voz à campanha de Jackson Lago, no ano em que ele foi eleito governador do Maranhão. Na companhia de Lago, visitou todos os 217 municípios do estado.

Com muitos figurões e poucos coadjuvantes, PDT não elegerá nomes poderosos em São Luís

Já há algum tempo como a principal força da Câmara Municipal de São Luís, o PDT terá problemas na eleição deste ano pela falta de “calda” para eleger uma base grande de vereadores.

O partido tem cinco vereadores de mandato, mas são sete nomes muito fortes. Estão no partido Osmar Filho, Pavão Filho, Raimundo Penha, Ivaldo Rodrigues, Nato Júnior, além do ex-vereador Fábio Câmara e do ex-secretário de trânsito e transporte, Canindé Barros.

Na convenção, foram homologadas apenas 22 candidaturas a vereador do PDT. Ou seja, é muito improvável que somente com estas candidaturas o partido consiga fazer quociente para eleger 5 vereadores. Esta é a primeira eleição sem direito a coligação proporcional. Assim, cada partido só terá seus próprios votos para contar na distribuição das cadeiras.

Dos sete nomes poderosos, pelo menos três correm sério risco de ficar fora.