Ibama encontra óleo ao redor de navio encalhado na costa do Maranhão

G1 MA – Uma inspeção aérea do Ibama realizada na manhã desta sexta (28) constatou uma mancha fina de óleo ao redor do navio Stellar Banner, que está encalhado a cerca de 100 km da costa do Maranhão.

Segundo o Ibama, o óleo saiu do porão da embarcação e está em um raio de aproximadamente 830 metros do navio. No entanto, ainda não é possível afirmar a quantidade de resíduo despejado no oceano. O cálculo do volume de óleo será realizado nas próximas horas, assim como outros dois voos com o objetivo de monitorar a mancha.

Segundo a empresa Polaris, proprietária do navio, acredita-se que o óleo observado no local seja resíduo do “óleo morto” que estava no convés, não vazamento dos tanques de combustível. A empresa afirmou ainda que empresa está mobilizando todos os ativos disponíveis no Brasil para erradicar qualquer risco potencial de derramamento de óleo, e que uma equipe antipoluição já está no local, monitorando de perto a situação.

De acordo com equipe especializada contratada pela empresa Polaris, proprietária do navio, os tanques estão intactos. A casa de máquinas está seca e os motores de geração de energia estão em funcionamento.

Desde o início das investigações do caso, a Marinha e o Ibama não descartam o risco vazamentos no navio. Atualmente, a embarcação segue encalhada e com 300 mil toneladas de minério de ferro, além de quatro milhões de litros de combustível e óleo. Se houver vazamento, todo o material pode se espalhar pelo litoral.

Nesta quinta (27), o comandante da Capitania dos Portos, Alekson Porto, concedeu entrevista e disse que o navio colidiu com algo não identificado.

“O comandante tinha efetuado um movimento de varação, que é colocar a embarcação em um banco de areia, justamente para evitar que ela naufragasse. A embarcação então está em encalhada e o comandante informou que tem embarque de água por alguns tanques vazios a bordo, chamado ‘pick-tanks’, e, a partir das 2h da manhã, do dia 25, o comandante avaliou que a segurança da tripulação estava em risco pela inclinação que o navio teve para direita. Pediu auxílio para os rebocadores que estavam na área e eles migraram para os rebocadores”, disse o comandante

Sobre o risco de naufrágio, a Marinha afirmou que o risco é pequeno, mas não é impossível. Há, atualmente, quatro rebocadores na região para agir em caso de emergência.

“É muito cedo poder dizer alguma coisa. Ela [Polaris] vem acompanhando e empregando dois navios do 4ª Distrito Naval de São Luís, um com previsão de chegada nas próximas 24h e outro no sábado (29). Hoje nós temos uma aeronave no local, que se apresentou a cena de ação e está com o nosso chefe do gabinete de crise. Hoje a embarcação está encalhada, na região não tem profundidade suficiente para cobrir a embarcação”, disse o comandante Alekson Porto.

PP anuncia apoio a Rubens Júnior em São Luís

O PP anunciou apoio ao pré-candidato a prefeito de São Luís do PCdoB, Rubens Pereira Jr. Na sede do partido foi feito o anúncio oficial com as presenças do vice-prefeito Júlio Pinheiro, da deputada estadual Helena Duailibe, do deputado federal, Márcio Jerry e outras lideranças.

O presidente estadual do partido, André Fufuca, selou a aliança. Rubens ganha mais tempo de TV e estrutura partidária para sua campanha. “Cumprimento todos os outros pré-candidatos que nos procuraram. Essa eleição será diferente. Desconheço um pleito que teve tantas boas candidaturas. O PP não poderia ficar fora do debate eleitoral de São Luís. Conversando com todos, o partido escolheu o melhor canddiato para São Luís”, afirmou.

Márcio Jerry voltou a frisar apoio e respeito aos outros pré-candidatos da base do governo Flávio Dino.

Juiz determina reintegração de posse e retirada dos moradores do prédio Península do Ipase

O juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, concedeu decisão liminar (provisória) em favor do Município de São Luís, determinando a reintegração de posse do imóvel localizado no “Projeto Habitacional Península do Ipase” (obra inacabada Conjunto Rio Anil).

A tutela de urgência deferida pelo juiz autoriza, ainda, o uso de força policial, caso necessário, para a desocupação do imóvel, com a retirada de 242 moradores que se encontram na área. De outro lado, o juiz determinou que a Prefeitura Municipal deve, por meio de seus órgãos de assistência social, “prestar todo o amparo necessário para as famílias que forem submetidas a desocupação de suas casas”.

A intimação judicial da decisão liminar já está inserida no Sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe). Cinco dos réus mencionados na ação serão citados, caso tenham interesse na contestação da decisão, no prazo de quinze dias. E os demais por meio de edital, no prazo de 20 dias.

O juiz ressaltou na decisão que o Município de São Luís, além de pretender resguardar a vida dos moradores, cumpre o seu dever de agir nos casos de risco de desastre, conforme previsto no artigo 30, VIII, da Constituição Federal e artigo 2º, VI, “h”, do Estatuto da Cidade.

As obras do imóvel começaram em 2004 e eram do antigo “Habitar Brasil”, depois passaram para o PAC, e tinham objetivo de dar habitação para pessoas do Ipase de Baixo, que moravam em palafitas. Ficaram paradas por muitos anos. A previsão era de construir 448 apartamentos. Alguns ficaram em estado mais adiantado, outros em fase inicial.

Em 2013, a construção do condomínio foi reiniciada timidamente pela atual gestão, mas o contrato com a nova empresa responsável pela obra, a LTM Construções LTDA., venceu e os serviços foram mais uma vez abandonados.

Desde então, famílias carentes foram ocupando o local. Em 2017, houve uma megaoperação da Polícia para combater facções criminosas que se alojaram no condomínio inacabado.

Bolsonaro criou uma oligarquia maior do que a de Sarney, diz jornalista de O Globo

Por Ancelmo Gois (O Globo)

A querida atriz Regina Duarte, no “tuíte” de apoio à manifestação convocada por Bolsonaro e Heleno contra o Congresso, encerra com uma frase forte e verdadeira: “O Brasil é nosso. Não dos políticos de sempre”.

Tinha um alemão, citado recentemente pelo antecessor de Regina, Roberto Alvim, que dizia que “uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade”.

A ideia recorrente de que Bolsonaro representa o “novo” na política é uma moeda de R$ 3. Ele é político desde 1988.

Criou uma oligarquia maior do que a de Sarney — já elegeu ex-mulher e três filhos.

Trocou de partido como quem troca de camisa: foram nove, sendo duas vezes no PP de Maluf, a quem nunca fez uma crítica pública no quesito moralidade.

Em 2018, recebia R$ 3,8 mil em espécie de auxílio-moradia, mesmo tendo apartamento em Brasília.

O clã Bolsonaro como um todo, como revelou o GLOBO em 2019, já empregou em seus gabinetes 102 parentes, fora policiais fora da lei. Flávio Bolsonaro, o da “rachadinha”, empregou em Resende (RJ), a 180 km da Assembleia do Rio, nove parentes de sua então madrasta — dinheiro meu, seu, nosso.

No governo, Bolsonaro mantém um ministro acusado de patrocinar candidaturas laranjas e já usou o helicóptero da presidência para transportar a parentada para o casamento do filho Eduardo.

Em tempo: o Congresso, assim como (diga-se a seu favor) Bolsonaro, foi eleito pelo voto popular. Desconfio que tem gente que gostaria que o Brasil mudasse de povo.

Pelo japonês, por exemplo.

Fechamento da folia será em grande estilo com Lava Pratos em Ribamar

A folia na região metropolitana de São Luís só encerra neste final de semana com o tradicional Lava Pratos, em São José de Ribamar. O maior Carnaval fora de época do Maranhão terá uma edição com a participação especial neste ano de Avine Vinny e, inovando com a Banda Filhos de Jah.

Para sábado e domingo de Lava-Pratos, a Prefeitura de Ribamar preparou uma cuidadosa programação que será realizada no Parque do Folclore Terezinha Jansen e no palco do circuito Sede, na Avenida Gonçalves Dias.

A festa deste ano promete muita organização, principalmente após o sucesso do carnaval oficial de Ribamar. Foram quatro dias de muita valorização da cultura; de segurança, sem qualquer ocorrência grave, e de muita alegria, conforme o tema proposto para a festa momesca neste ano. Circuitos novos como os de Panaquatira, Jardim Tropical, Maiobinha, Nova Terra, Turiuba e Parque Jair, foram destaques, sobretudo, pelo sucesso de público.

Para o Lava Pratos serão disponibilizados cerca de 200 policiais militares, 91 Guardas Civis Municipais e 55 seguranças privados. Corpo de Bombeiros e as equipes da saúde também estarão presentes em diversos pontos da cidade.

Navio de minério apresenta fissuras e é encalhado na Baía de São Marcos; risco de dano ambiental

O Navio Mercante “STELLAR BANNER” apresentou fissuras no casco a aproximadamente 65 milhas náuticas (fora da poligonal do Porto). O comandante  verificou entrada de água nos seus compartimentos de carga, indicando as fissuras e pediu apoio de terra. A primeira solução foi buscar um banco de areia para tentar encalhar o navio e evitar um possível naufrágio.

Foram enviadas embarcaçãoes, helicópteros e recursos ao local. Em fase de avaliação pelos envolvidos VALE, Autoridade Portuária e Capitania. Quatro rebocadores se deslocaram em direção ao Navio para coletar mais informações e prestar apoio, caso necessário. A tripulação permanece em segurança na área à bordo dos rebocadores enviados. A Marinha instaurou um inquérito administrativo para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do incidente.

Pelo material carregado pelo navio, existe risco de vazamento e dano ambiental com espalhamento do óleo.

Lancha pega fogo e deixa pessoas feridas em Barreirinhas

Uma lancha pegou fogo e deixou várias pessoas feridas próximo ao cais de Barreirinhas, no início da tarde desta quarta-feira (26). Pessoas que estavam na embarcação tiveram queimaduras.

De acordo com a polícia, o fogo começou quando o piloto deu a partida, pouco tempo depois da embarcação ser abastecida em um posto que fica à beira do rio Preguiças. O incêndio aconteceu porque parte do combustível caiu dentro da lancha.

E estimativa é de que seis a sete vítimas, sendo um mulher, duas crianças e um adolescente sofreram queimaduras. os feridos foram trazidos para São Luís. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Flávio Dino diz que coação de Bolsonaro contra Congresso é crime de responsabilidade

O presidente Jair Bolsonaro está compartilhando pelo WhatsApp uma chamamento para os atos do dia 15 de março contra o Congresso Nacional, que foram organizados após declaração do general Augusto Heleno, chefe do GSI.

A mensagem compartilhada do celular do presidente tem um vídeo em tom dramático sobre a facada da época a eleição, dizendo que ele “quase morreu” para defender o Brasil, e a chamada: “15 de março. Gen Heleno/Cap Bolsonaro. O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre”.

O governador Flávio Dino reagiu ao golpismo de Bolsonaro. “Extremamente grave que altas autoridades civis e militares estejam apoiando atos políticos contra os Poderes Legislativo e Judiciário. Os defeitos destes tem que ser enfrentados de acordo com as leis, não com coação. Lembrando que tal coação constitui crime de responsabilidade“, afirmou.

Time do Fluminense é recebido com muita festa em São Luís

O tricolor carioca ganhou muito ânimo para o jogo contra o Moto Club pela Copa do Brasil. A recepção do Fluminense no aeroporto Marechal Cunha Machado foi calorosa com centenas de tricolores maranhenses na chegada do time na tarde desta terça-feira (25).

Os craques Nenê e Paulo Henrique Ganso foram os mais assediados pelos maranhenses para selfies. O perfil oficial do clube nas redes sociais agradeceu a receptividade dos maranhenses. “Muito obrigado, Tricolores do Maranhão! Recepção melhor que essa não existe! HUHU”.

O jogo entre Moto e Fluminense será nesta quarta-feira (26), às 21h30, no Castelão, em São Luís. A vaga será decidida em jogo único. Pelo regulamento da competição, o Tricolor, por ser visitante, joga com a vantagem do empate. Quem avançar encara o Botafogo-PB na segunda fase.

Jeisael Marx participa de Retiros durante o carnaval

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Jeisael Marx, que é evangélico desde criança, aproveitou os dias de folia momesca para participar de Retiros da igreja Assembleia de Deus.

No domingo (23), Jesiael esteve no retiro e além de atividades de louvor, participou das atividades esportivas, embora não tenha demonstrado muita intimidade com a bola no pé. Já na segunda-feira (24) esteve no retiro da área 104 da Assembleia de Deus, onde falou para os presentes sobre a sua longa história na igreja. Jeisael foi muito elogiado pelo anfitrião, pastor Edmilson.

“Nesta segunda, foi dia de dividir momentos de alegria e diversão, louvor e adoração, com o jovens da Assembleia de Deus. Agradeço o Pr. Edmilson pela recepção calorosa”, escreveu o pré-candidato em suas redes sociais.

Mutirão com a comunidade

Já na terça-feira de carnaval (24), Jeisael Marx botou a mão na massa e participou de um mutirão para construir uma ponte entre a Vila Itamar e o Recanto Verde. A ação é uma inciativa liderada pelo comunitário Jearlysson.

Jeisael chegou a fazer uma reportagem no local mostrando a necessidade da ponte para as autoridades públicas. Diante da inércia do poder público, a comunidade se juntou para fazer a ponte. Os trilhos foram doados por uma empresa, o material, doado pelos comerciantes do bairro, vizinhos, vaquinha, e a mão de obra em conjunto por todos. “Há vários dias, a comunidade trabalha em regime de mutirão para construir uma ponte entre a Vila Itamar e o Recanto Verde, que é uma ligação fundamental. O tripé Sociedade – Iniciativa Privada – Poder Público tem um pé quebrado e isso exige um grande esforço da comunidade para resolver questões fundamentais. Estamos ajudando como podemos”, afirmou Jeisael.