Obras de prolongamento da Litorânea chegam a nova fase

O prolongamento da Avenida Litorânea para instalação do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) é a maior obra de mobilidade urbana intermunicipal do Maranhão. As obras já entraram em uma nova etapa.

O Governo do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), iniciou serviço de terraplenagem e aplicação de mantas e pedras de contenção no trecho de quase 2 mil metros na extensão. Vai da altura do Rio Pimenta até a Avenida São Carlos, entre a Avenida Litorânea e a Praia do Olho D’água.

“Estamos aplicando uma contenção com aterro de pedras e mantas que impedem tanto a saída de material para a praia, quanto a entrada de água e possíveis infiltrações que podem causar deformações no pavimento. É uma ação complexa em função da orla, da água e das particularidades da região”, explica o presidente da MOB, Lawrence Melo.

O prolongamento da Avenida Litorânea compõe a primeira fase de implantação do sistema de tráfego binário de transporte tipo BRT. Com investimentos de R$ 140 milhões, além do novo tipo de transporte, a obra vai requalificar a Avenida Litorânea e a Avenida dos Holandeses.

Será feita a instalação de ações de urbanização, paisagismo, ciclovias, calçadas, estacionamentos e áreas para caminhada numa extensão de 20 km, beneficiando os moradores de São Luís e das cidades de Raposa e Paço do Lumiar.

A requalificação das Avenidas Litorânea e Holandeses para implantação do BRT deverá encurtar em mais de 40 minutos as viagens diárias de milhares de usuários do serviço de transporte público intermunicipal na Grande Ilha.

O transporte tipo BRT vai interligar os municípios da região e melhorar a circulação do transporte coletivo metropolitano, com dois Terminais de Integração. Para o presidente da MOB, Lawrence Melo, a economia de tempo é um dos grandes ganhos do novo tipo de transporte a ser implantado. “Nós temos hoje um grande gargalo na MA-201, mas com a concepção de integração de transporte que nós pensamos, os passageiros que utilizam o serviço intermunicipal nesse trecho economizarão no mínimo 20 minutos para ir e 20 minutos para voltar, usando o Sistema BRT”, diz.

“São ônibus biarticulados com tecnologia embarcada, trafegando por um corredor exclusivo e com sistema semafórico que garante que eles transitem sem interrupções, com sinal sempre verde. A determinação do governador Flávio Dino é para oferecermos uma alternativa eficiente de transporte público para a população”, acrescenta Lawrence.

Candidatos confirmam: governo está fora da eleição da Famem

Os dois candidatos confirmam que o governador está neutro na disputa da Famem

Em um único ponto convergem as entrevistas dos dois candidatos à presidência da Famem: o governador Flávio Dino está totalmente fora da disputa, deixando os prefeitos livres para a eleição.

Na coletiva desta sexta-feira (18) o atual presidente da Famem, Cleomar Tema, confirmou que não existe nenhuma participação do governador e/ou da máquina estatal em favor de nenhuma candidatura, até porque era justamente esta a sua reclamação com relação ao senador eleito, Weverton Rocha: força externa na disputa entre prefeitos.

“Ele não apoia ninguém. Governador não tem que participar de briga municipalista. É isso que eu espero do Weverton [não intervenção]. Não vamos colocar o governador nessa briga”, afirmou Tema. Ele ainda assegurou que em 2022 votará no candidato a governador que tiver o apoio de Flávio, até mesmo se este for Weverton.

Em sua coletiva na quarta-feira (16), o outro candidato, Erlânio Xavier, também disse que o governador estava neutro, pois tinha dois aliados na disputa. “O governador é muito transparente. Ele já deixou claro que não tem candidato já que são dois prefeitos aliados. O governador já deixou bem à vontade para que os prefeitos escolham. Ele queria o consenso, mas como viu que não teria, preferiu não intervir”, pontuou.

Assim, pelo menos uma coisa não cabe mais discussão com relação a este pleito tenso: a neutralidade do governador.

 

 

Othelino dá mais uma demonstração de desprendimento político em favor da Baixada

O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, tem atuação política forte em Pinheiro e na Baixada Maranhense e, logicamente, tem seus adversários políticos locais. Mas tem demonstrado grande desprendimento da disputa local em favor da região, em unidade com seus adversários locais.

O presidente recebeu mais uma vez o deputado eleito Leonardo Sá. O comunista apoiou Sá nas eleições de 2016, mas o médico rompeu com ele logo após a eleição. Ainda assim, eles têm dialogado depois de o final das eleições do ano passado. E não só pela eleição da Mesa Diretora, como parecia inicialmente, mas seguiram as conversas em favor da Baixada. Ontem, os dois voltaram a se conversar.

Do mesmo modo tem sido o diálogo do presidente Othelino com o próprio prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, adversário antigo do presidente da Assembleia no município. Os dois, deixaram as diferenças políticas de lado depois da eleição e têm conversado. Hoje, houve mais uma rodada de diálogo para buscar parcerias para a Baixada maranhense.

Tema volta a negar acordo e garante já ter apoio de 105 prefeitos

O prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, concedeu entrevista coletiva sobre a eleição da Famem na tarde desta sexta-feira (18). Tema afirmou que vai bater chapa com o prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier, e negou o acordo para que não seja candidato à reeleição.

O acordo foi um dos temas mais enfatizados durante a entrevista, e Tema sempre saía pela culatra. Em uma reunião que definiu sua eleição no último pleito, estavam presentes os prefeitos Erlânio Xavier (Igarapé Grande), Juran Carvalho (Presidente Dutra) e Erick Costa (Barra do Corda) e Gil Cutrim (ex-prefeito de São José de Ribamar), todos confirmaram a reunião e o acordo. Tema nega.

“Eu tenho direito à reeleição.  Acordo em defesa do municipalismo nós temos. Mas de projeto de poder nunca. Sou municipalista convicto. Eu nunca traí ninguém. Não houve acordo de um mandato. o que eu acertei foi que eu faria um consenso nesta eleição. Iria compor mas não que eu não buscaria reeleição. Sou homem de diálogo. Por isso estou no cargo”, afirmou.

E como já era esperado, Tema fez duras críticas ao senador Weverton Rocha por apoiar o candidato Erlânio Xavier. “Não temos um candidato de oposição. Temos um senador que quer ser  presidente da federação. A maioria dos prefeitos não sabe nem quem é o candidato. Quem faz tudo é o Weverton”.

O candidato Erlânio demonstrou apoio de 130 prefeitos no mínimo, já que este foi o número de participantes do ato. Agora, Tema diz que tem apoio de 105 prefeitos e está confiante na vitória. “Tenho apoio de 105 prefeitos confirmados. A Vitória está assegurada”, sentenciou.

Entre os apoiadores, Tema citou os prefeitos de Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Bacabeira, Itapecuru, Santa Rita, Pastos Bons, Pindaré, Vitória do Mearim e Turiaçu.

Feirinha São Luís deste domingo (20) está em ritmo de Carnaval

A Feirinha São Luís tem se firmado como um dos pontos de folia momesca no pré-Carnaval da capital. O programa, implantado na gestão do prefeito Edivaldo tem animado foliões de todas as idades desde a edição de pré-Réveillon quando deu seu primeiro grito para o Carnaval 2019. O programa Feirinha São Luís surgiu em junho de 2017 agregando, além de atrações culturais, economia criativa com venda de produtos agrícolas, artesanato, literatura, e gastronomia, sempre aos domingos de 7h às 15h, na Praça Benedito Leite, Centro Histórico.

Neste domingo (20) as cores do Bicho Terra, e o show de reggae da cantora norte-americana, Michaela Harrison, pretendem animar o público da Feirinha. Quem também vai contagiar os brincantes com muita animação será o Bloco Tradicional Os Foliões e ainda Tambor de Crioula “Mulheres que dão no couro” e Cupim e Banda, além da anfitriã Banda da Feirinha.

Atualmente a estrutura da Feirinha é formada por 120 barracas montadas e sobre rodas instaladas no perímetro da Praça Benedito Leite. Quando começou eram apenas 60 barracas apostando no empreendimento ousado realizado pela Prefeitura de São Luís em parceria com Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MA).

Desde que foi lançada em junho de 2017, a Feirinha vem contribuindo para a formalização e desenvolvimento dos pequenos negócios com base na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. Em 80 domingos, pela Praça Benedito Leite passaram mais de 500 mil pessoas, entre moradores de São Luís e visitantes de outras cidades, estados e países.

A carta de seguro de Cleomar Tema

Já zavou o conteúdo da coletiva de imprensa do prefeito de Tuntum e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Cleomar Tema, na tarde desta sexta-feira (18).

Depois de tentar o apoio do vice-governador, tentar parecer que era candidato do Palácio dos Leões e colocar alguns anúncios de apoio de prefeitos, Tema irá esculhambar de todas as formas o senador eleito Weverton Rocha, a quem atribui sua derrota na Famem.

O prefeito de Tuntum, após não cumprir o acordo feito com os prefeitos, com aval de Weverton, confirmado por todos os envolvidos, de que ficaria apenas um biênio na presidência da Famem, quer deturpar a situação como se Weverton que estivesse jogando contra sua candidatura, que não deveria nem existir pelo acordo feito em 2016, quando haviam 5 candidatos à presidência da entidade e, todos abdicaram de suas candidaturas em favor de Tema tendo este acordo.

Agora, Tema tenta arranjar colocar a culpa em terceiros pela sua própria falta de compromisso.

Imagens do Dia: segue construção de escola para levar dignidade às crianças na “Ilha de Sarney”

A escola digna do povoado Canto, na Raposa, segue em construção. As equipes vão de barco, caminhão, carro e até quadriciclo, levar material para a conclusão da escola na ilha de “propriedade” do ex-presidente José Sarney, para que as crianças do povoado tenham educação digna.

Tema convoca coletiva e gera expectativa sobre eleição da Famem

Após o ato do prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier, que reuniu 130 dos 195 prefeitos aptos para votar na eleição da Federação dos Municípios do estado do Maranhão (Famem), o atual presidente, Cleomar Tema, resolveu convocar uma entrevista coletiva para esta sexta-feira (18).

A entrevista gera muita expectativa em torno da disputa, uma vez que o adversário já demonstrou ter apoio da grande maioria dos prefeitos. Será que Tema anunciará desistência e composição ou tentará demonstrar um revés da atual tendência da eleição.

Vale aguardar.

Flávio sobre aliança com Rodrigo Maia: “se nos isolarmos, vamos perder todas as votações”

Em entrevista ao jornalista Mário Sérgio Conti na Globo News, o governador Flávio Dino falou sobre ações do governo,  a investigação em torno de Fabrício Queiroz e do deputado estadual pelo Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSL), e sobre a aliança do PCdoB junto com o PSL à candidatura de Rodrigo Maia pela presidência da Câmara dos Deputados.

Sobre a aliança com Maia, Flávio lembrou que a esquerda está no canto do ringue neste momento e é preciso ampliar o diálogo. O governador afirmou que nas duas eleições de presidente da Câmara quando foi deputado, votaram juntos PT e PSDB, conscientes de que ali era uma situação, e o debate político outro.

“Se nos isolarmos, nós vamos perder todas as votações, como infelizmente perdemos no impeachment. É preciso ampliar, dialogar. Estamos na defensiva política. Perdemos três importantes batalhas: no impeachment, na prisão do presidente Lula e na eleição de 2018. Ideologicamente é claro que a agenda do Rodrigo Maia não é nossa agenda. É de privatizações, de situações que nós não acreditamos. Não estamos vinculando ideologicamente, é apenas respeitar a proporcionalidade, o regimento. A eleição do presidente da Câmara não é uma matéria ideológica”, afirmou.

Caso Flávio Bolsonaro

Sobre o caso Flávio Bolsonaro, que conseguiu no STF a suspensão de sua investigação, o governador maranhense afirmou que existe a situação jurídica, já que o foro privilegiado não vale mais para crimes anteriores ao mandato, e política. No tange à política, o filho do presidente assumiu definitivamente a condição de réu.

“O investigado assumiu sua condição. Quem entrou com recurso foi o próprio Flávio Bolsonaro e assumiu agora que é investigado. Existe também a fragilização de uma das faces prometidas pelo governo Bolsonaro que seria combate á corrupção. O caso possui incoerências jurídicas e consequências políticas”.

Flávio Bolsonaro, que só assumirá o cargo de senador em fevereiro, pediu um foro privilegiado por antecipação. O ministro Luiz Fux suspendeu as investigações até Marco Aurélio decidir, também em fevereiro, qual o foro para conduzir o caso. Segundo Fux, apenas o STF pode definir essa questão.

Com concurso em andamento, Câmara Municipal fará recadastramento de servidores

Câmara Municipal já conta até com ponto eletrônico.

A Câmara Municipal de São Luís realizará, a partir da próxima semana, o trabalho de recadastramento dos servidores da Casa. O parlamento municipal está com concurso em andamento e agora sob nova administração faz levantamento sobre todo o quadro funcional da Casa. As inscrições do concurso encerram dia 2 de fevereiro.

A coleta de informações dos servidores terá início no dia 23 e se prolongará até o dia 13 de fevereiro no setor de Protocolo. O atendimento será feito das 8h às 17h.

Os servidores (efetivos, comissionados e contratados) deverão apresentar os seguintes documentos: foto 3×4, cópia da identidade, cpf, pis/pasep e título de eleitor, cópia de certidão de nascimento ou casamento; cópia da certidão de nascimento dos filhos; cópia do comprovante de residência; cópia da carteira de trabalho; cópia do cartão do banco e cópia da portaria ou termo de posse.

Vale destacar que o recadastramento é obrigatório. O servidor que não o fizer estará sujeito a penalizações, como a suspensão do pagamento.