Fator humano segue sendo grande capital político de Edivaldo

O prefeito de São Luís tem uma característica que nem seu mais fervoroso adversário consegue contestar: um carisma raro para políticos os dias de hoje. Edivaldo consegue ter um diferencial muito grande no fator humano. E com o passar do tempo não perde esta capacidade.

Edivaldo foi recebido com carinho por ludovicenses e turistas que estavam neste sábado (21) apreciando o principal cartão-postal de São Luís, o Centro Histórico.

O pedetista passou a manhã no local vistoriando o andamento serviços e obras de revitalização executados na região e, como de costume quando vai às ruas, o prefeito teve mais um resultado positivo ao teste da sua popularidade. Abraços, fotos e palavras de carinho e incentivo foram cenas recorrentes durante a presença do prefeito no local.

Ele foi acompanhar ações de paisagismo do Impur, serviços de drenagem e as obras de requalificação da Praça Pedro II, do IPHAN em parceria com a Prefeitura. Depois acompanhou obras da Praça Dom Pedro II e andou pela Praia Grande. Por todos os lugares foi bem recebido.

O fator humano de Edivaldo segue sendo um “As” na manga para ajuda seu grupo político. E será importante nas eleições dese ano e a favor do candidato que apoiará para sua sucessão.

Vereadores de Ribamar são enganados por presidente da Câmara e se reúnem com Roseana

O Clã Sarney segue jogando todas as suas fichas para tentar passar para a população que Roseana continua prestigiada no meio político. A última do clã foi usar o presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, Beto das Vilas (PV), para levar vereadores da cidade ao encontro de Roseana (MDB) e de Sarney Filho (PV).

Beto das Vilas literalmente enganou os parlamentares da cidade, ao levá-los para uma reunião com os filhos de José Sarney, sem que eles soubessem que o encontro teria a participação de Roseana e Sarney Filho. Vereadores ligados a Flávio Dino foram ludibriados pelo presidente da Câmara e participaram da conversa.

Em nota, o vereador Professor Salis (PSB), que é ligado a Bira do Pindaré, desmentiu veículos de comunicação sarneyzistas sobre um possível apoio a Roseana. Até um membro do PCdoB participou da reunião após a manobra de Beto das Vilas.

Apesar de ter tirado foto com Roseana por respeito, alguns dos vereadores rumaram de lá para evento de apresentação dos candidatos do prefeito Luís Fernando. Eles ratificaram apoio a Flávio Dino e desmentiram que o encontro com Roseana serviu para declarar apoio à candidata da oligarquia.

A busca por fatos políticos que fortaleçam o grupo Sarney está tão grande que eles já estão até enganando as pessoas para se encontrar com Roseana.

PT fará convenção dia 28 com o PCdoB por decisão da direção nacional, garantiu Zé Carlos

Ao longo desta sexta-feira (20), muito se especulou que o Partido dos Trabalhadores iria adiar sua convenção no Maranhão a partir de uma informação do ex-secretário estadual de esportes, Márcio Jardim. Isto porque em outros estados, de fato, o PT adiou a convenção para alinhar a discussão com o centro-esquerda e aguardar a definição sobre a candidatura do ex-presidente Lula, onde haveria divergência. O que não é o caso do Maranhão.

Único representante do PT na Câmara Federal, o deputado Zé Carlos desmentiu a informação, tendo como base informação direta da direção nacional do partido.

“Eu fiquei sabendo através dos grupos que nossa convenção seria adiada e fiquei preocupado, pois não poderíamos coligar com o PCdoB se não fizéssemos a convenção no dia 28 como estava acordado. Então entrei em contato com a presidente nacional do partido e a direção nacional confirmou que no Maranhão não houve alteração. Inclusive fui autorizado a confirmar que o PT fará convenção no dia 28 junto com o PCdoB”, confirmou.

Zé Carlos deixou claro que a decisão do PT nacional sobre o Maranhão não tem mais nenhuma discussão. O partido irá coligar com o PCdoB e portanto não entra no rol de estados onde a convenção foi adiada.

O deputado disse que quanto às coligações proporcionais, as executivas estaduais estavam liberadas para discutir o que seria melhor. No caso do Maranhão, já está definido que para deputado federal o PT sairia sozinho e para estadual a tendência era forte para também sair sem chapa, o que até o dia 28 será fechado.

Edivaldo paga a 1ª parcela do 13° salário

O prefeito Edivaldo pagou nesta sexta-feira (20) a primeira parcela do 13º salário. Com gestão equilibrada e planejada, São Luís vai na contramão de capitais como o Rio de Janeiro, que anunciou que não conseguirá antecipar o valor para os seus servidores municipais.

Em São Luís, o pagamento do benefício poderia ser feito de maneira integral apenas no fim do ano, mas o prefeito Edivaldo resolveu antecipar o calendário de vencimentos, demonstrando mais uma vez o seu compromisso com o servidor público municipal, uma das marcas da sua gestão.

Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a folha de pagamento de pessoal é uma das maiores dificuldades das administrações municipais. De acordo com levantamento, 51% das cidades brasileiras têm dificuldades de pagar os servidores públicos, que com os atrasos deixam as prefeituras com débitos milionários.

Por causa das quedas progressivas de receita, inclusive com uma projeção de 40% a menos no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) no mês de julho – queda expressiva similar a que ocorreu no mês de março -, manter as contas em dia tem sido a cada mês tarefa mais difícil, fato pelo qual muitas cidades não conseguiram adiantar a primeira parcela do 13º salário, como é o caso do Rio de Janeiro (RJ). Algumas, em estado mais agravado, estão com os salários regulares atrasados.

Apesar de ser uma obrigação da administração pública manter as suas contas em dia, são destacáveis os gestores que têm conseguido destoar suas cidades do cenário de crise que se enfrenta nacionalmente. Na capital maranhense, a gestão Edivaldo está conseguindo não apenas honrar os compromissos salariais como também adiantar o pagamento, contribuindo para que a economia da cidade permaneça aquecida e em curva ascendente.

Aberto período de convenções; Confira quando será o evento de cada pré-candidato a governador

Os partidos políticos estão autorizados a partir desta sexta-feira (20) a fazer suas convenções para as eleições este ano. É a largada dos partidos para as eleições deste ano. Até o momento, temos seis pré-candidaturas confirmadas já com datas de convenções: Flávio Dino (PCdoB), Roseana Sarney (MDB), Roberto Rocha (PSDB), Maura Jorge (PSL). Odívio Neto (PSOL) e Ramon Zapata (PSTU).

Ramon Zapata – 26 de julho

A primeira convenção será do PSTU, que lançará o candidato Ramon Zapata. A Convenção acontece no auditório do Curso de História da UEMA, na Rua da Estrela, 329, no Centro Histórico de São Luís, às 19h. O partido lançará o  dirigente sindical Saulo Arcangeli e a rapper Preta Lú para as vagas ao Senado.

Flávio Dino – 28 de julho

O PCdoB, juntamente com os outros 14 partidos que farão parte da coligação do governador Flávio Dino farão a convenção no dia 28, no Centro de Centro de Convenções do Muticenter Sebrae, no Cohafuma, a partir das 8h30. O evento promete ser um grande ato político. Serão homologadas as candidaturas de Weveton Rocha e Eliziane Gama para o senado e das chapas para deputado estadual e federal.

Maura Jorge – 28 de julho

A pré-candidata de Jair Bolsonaro fará sua convenção no mesmo dia do atual governador. O evento de Mauara será no Espaço Renascença. Os candidatos a senador deverão ser Samuel de Itapecuru e o atual suplente Pastor Bel. A convenção deverá homologar a desistência de Eduardo Braide da candidatura ao governo. Ele deverá ser candidato a  deputado federal na coligação de Maura.

Roseana Sarney – 29 de julho

A convenção de Roseana Sarney será no dia seguinte, também no Espaço Renascença. Estarão na coligação MDB, PV, PSD, PMB e PRP. Para o senado, a chapa centenária será formada por Edison Lobão e Sarney Filho.

Odívio Neto – 2 de agosto

O PSOL irá oficializar a candidatura do engenheiro Odívio Neto no dia 2 de agosto. Para o Senado, os candidatos serão Saulo Pinto e Igor Bruno. Mais uma vez o partido Socialismo e Liberdade apostará em candidatura própria para levar sua mensagem.

Roberto Rocha – 4 de agosto

A última convenção será do PSDB, oficializando a candidatura de Roberto Rocha ao governo. Os tucanos ainda têm muito “para pra acertar”, por isto jogaram a convenção para o penúltimo dia do prazo. Alexandre Almeida será um candidato a senador, enquanto Zé Reinaldo e Waldir Maranhão disputam a outra vaga, que parece estar consolidada com o ex-governador via direção nacional. Mas seria preciso resolver a situação de Waldir, pois se for candidato a deputado federal pode complicar a vida de Sebastião Madeira, se for estadual, derruba Wellington do Curso. O PSDB terá mais tempo para tentar organizar a casa.

Fundação desmente sarneyzistas e demonstra como governo ajudou a manter Aldenora Bello

O governo do estado desde o início da gestão atual manteve parcerias com o Hospital Aldenora Bello. Foram investidos mais de R$ 5 milhões e mais recentemente propôs o repasse do Fundo de combate ao câncer ao hospital. Este Blog já havia destacado como a parceria estava sendo importante ainda no ano passado.

Leia também:A diferença entre o apoio real ao Aldenora Bello e a falácia do Clã Sarney

Ainda assim, o Clã Sarney através de seus deputados têm tentado fazer um alarde de que o hospital iria fechar por conta de um ofício enviado ao secretário municipal de Saúde, Lula Fylho. Mas a própria Fundação Antonio Dino, mantenedora do Hospital Aldenora Bello, desmentiu o Clã.

Em nota, a própria Fundação explicou que no ofício informava apenas que iria suspender alguns serviços por tempo indeterminado por insuficiência dos recursos do SUS e não fechar. A nota diz ainda que “felizmente desde o primeiro momento fomos procurados pelo governo do estado para evitar a paralisação destes serviços diante do grave quadro financeiro que atingiu esta entidade”, e explicou que a liberação dos recursos dependia ainda de trâmite burocrático.

“A Fundação destaca, ainda, a parceria com o Governo do Maranhão, desde 2015, que permitiu a destinação de repasses financeiros e compra de novos equipamentos, fundamentais à assistência aos nossos pacientes“, afirma o vice-presidente da Fundação, Antonio Dino Tavares, na nota.

Eleitores de São Luís, Imperatriz, Timon e Ribamar podem solicitar voto em trânsito

Eleitores que não vão estar em seu domicílio eleitoral no dia 7 de outubro, data do 1º turno das eleições 2018, podem solicitar transferência temporária do título entre os dias 17 de julho e 23 de agosto. No Maranhão, as cidades disponíveis para exercício do voto em trânsito são Imperatriz, São Luís, Timon e São José de Ribamar.

Para realizar o procedimento, o eleitor deve comparecer a qualquer cartório eleitoral e requisitar habilitação mediante a apresentação de documento oficial com foto. A habilitação para votar em trânsito será admitida para os eleitores que estiverem com situação regular no cadastro eleitoral.

A transferência temporária de seção eleitoral para votação nos 1º e 2º turnos pode ocorrer nas seguintes situações: eleitores em trânsito no território nacional, presos provisórios, adolescentes em unidades de internação, membros das forças armadas, policiais federal, rodoviário federal, ferroviário federal, civis, militares, bombeiros e guardas municipais que estiverem em serviço por ocasião das eleições ou eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida.

Os eleitores que se encontrarem em trânsito dentro da unidade da federação de seu domicílio eleitoral poderão votar em presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Já os eleitores inscritos fora do estado poderão votar apenas para presidente.

Vale ressaltar que o eleitor que não comparecer à seção para votar em trânsito deve justificar a ausência, inclusive se estiver no domicílio eleitoral de origem no dia da eleição.

Ao encerrar as eleições, as inscrições dos eleitores que transferiram temporariamente voltam a figurar automaticamente nas seções eleitorais de origem.

Edivaldo entrega chaves de imóveis para mais 448 famílias do “Minha Casa, Minha Vida”

Mais 448 famílias de São Luís receberam nesta quinta-feira (19) imóveis do “Minha Casa, Minha Vida” e realizaram o sonho da casa própria. O prefeito Edivaldo entregou as unidades habitacionais dos residenciais Piancó III e IV, na região Itaqui-Bacanga, que se juntam aos cerca de 15 mil imóveis entregues, beneficiando 55 mil pessoas em São Luís.

“A entrega desses imóveis traz mais qualidade de vida para 448 famílias e contribui para reduzir o déficit habitacional em São Luís. Sabemos o quão importante é ter um lar para viver dignamente e, por isso, a nossa gestão tem empreendido grande esforço para garantir que cada vez mais pessoas sejam beneficiadas pelo ‘Minha Casa, Minha Vida’. Poder olhar essa felicidade no rosto das pessoas ao terem o grande sonho da casa própria realizado é motivo de grande alegria para nós”, afirmou o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro, do secretário municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), Mádison Leonardo e representantes do Banco do Brasil.

Uma das beneficiadas é Balbina Martins Ribeiro, a dona Lêda, que fez questão de levar sua netinha, Anne Karen, de 8 anos, para celebrar a conquista. “É difícil encontrar as palavras para definir o sentimento de felicidade e gratidão que eu sinto agora”, afirmou ela.

Assim como dona Balbina, milhares de famílias estão realizando o sonho da casa própria, uma das prioridades da gestão municipal, de acordo com o vice-prefeito Julio Pinheiro. “Desenvolver a política habitacional é importante para que essas famílias tenham uma moradia digna, e o ‘Minha Casa, Minha Vida’ proporciona para essas pessoas a construção de um novo futuro a partir da realização desse sonho”, disse.

RESIDENCIAIS

A entrega das chaves às 448 famílias beneficiadas com apartamentos do Residencial Piancó III e IV iniciou-se nesta quinta-feira (19), após passarem pelo procedimento de vistoria do imóvel, que é uma exigência protocolar para que o futuro morador faça a verificação da estrutura e do acabamento das habitações que vão receber e constate que estão conforme o projeto.

O Residencial Piancó III e IV estão localizados na região do Itaqui-Bacanga. As unidades têm seis ambientes, sendo sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço. O condomínio dispõe, ainda, de área de lazer e quadra esportiva. O projeto conta com infraestrutura de ruas pavimentadas, abastecimento de água, drenagem pluvial e energia elétrica. O complexo habitacional Piancó é composto por oito empreendimentos de apartamentos.

Além do Piancó III e IV, que têm 224 unidades cada um, já foram entregues também o Piancó I, II, VII e VIII. O secretário municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), Mádison Leonardo, informou que outras sete mil habitações estão em construção, contemplando mais famílias com a realização desse grande sonho de morar em seu próprio lar.

“Também será iniciado o Trabalho Técnico-Social aos cidadãos contemplados pelas unidades do Piancó III e IV, que consiste na realização de capacitações para aprimoramento profissional, estímulo ao empreendedorismo e mais oportunidade no campo de trabalho”, adiantou.

MINHA CASA, MINHA VIDA

As unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida, em São Luís, estão distribuídas em cerca de 10 conjuntos residenciais localizados em áreas como Maracanã, Santa Bárbara, Piancó, Ribeira, Vila Maranhão, Tajaçoaba, entre outras regiões da capital. O empreendimento é destinado a famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00 e beneficia aproximadamente 3.700 pessoas. As residências possuem dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

Cada empreendimento do programa “Minha Casa, Minha Vida” em São Luís reserva ainda cerca de 3% a 5% das moradias para pessoas residentes em áreas de risco, desabrigadas ou que sejam beneficiárias do Aluguel Social. Os projetos habitacionais em São Luís têm como um dos diferenciais a contratação e construção de equipamentos sociais como creche, escolas, área de lazer e posto de saúde. Os moradores têm, ainda, a oportunidade de se capacitar e aumentar a renda familiar com as ações do Trabalho Técnico-Social, programa executado como parte do projeto, que disponibiliza cursos, oficinas, ações sociais e palestras educativas.

Assembleia Legislativa apresenta balanço do primeiro semestre

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa divulgou o balanço das atividades desenvolvidas pela Casa, através do trabalho realizado pelo Plenário e pelas Comissões Técnicas Permanentes e Temporárias, no primeiro semestre de 2018.

O relatório apresenta o descritivo quantitativo e situacional de proposições legislativas e atividades desenvolvidas pela Diretoria Geral da Mesa, pela Diretoria Legislativa e pelas Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa, no período de 1º de fevereiro a 17 de julho de 2018.

O balanço contém o quantitativo de proposições apresentadas, projetos de lei, sessões legislativas (ordinárias e extraordinárias), além de matérias encaminhadas pelos poderes Executivo e Judiciário, bem como do Ministério Público, da Defensoria Pública e do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Ao todo foram realizadas 81 sessões ordinárias e nenhuma extraordinária; 19 sessões solenes, duas sessões especiais e 15 audiências públicas. Foram apresentadas, ainda, 1.414 Indicações, 365 Requerimentos, 169 Projetos de Lei Ordinária, 55 Projetos de Resolução, sete moções, cinco Propostas de Emenda Constitucional (PEC) e dois Projetos de Decreto Legislativo.

Constam no relatório as 43 proposições apresentadas, no período, pelo Poder Executivo, dentre elas, 14 Medidas Provisórias, 12 Vetos Totais, 11 Projetos de Lei Ordinária, cinco vetos parciais e um Projeto de Lei Complementar.

O Poder Judiciário apresentou três proposições: dois Projetos de Lei Complementar e um Projeto de Lei Ordinária. O Ministério Público do Maranhão apresentou um Projeto de Lei Complementar e a Defensoria Pública do Estado apresentou dois Projetos de Lei Ordinária.

Governo vai inaugurar uma nova maternidade no interior do estado

Enquanto a crise favorece um cenário caótico na área da saúde pelo país, por aqui o Governo segue com investimentos por todo Maranhão. Na terça-feira (18), o secretário da saúde Carlos Lula vistoriou as obras da Maternidade de Colinas, que deve ser inaugurada no próximo mês.

A maternidade, localizada na BR-135, ficará disponível a toda região de São João dos Patos, com cerca de 15 municípios, e contará com 50 leitos.

Além da Maternidade de Colinas, em agosto estão previstas as inaugurações do Hospital Regional de Chapadinha e do Hospital Municipal de Alto Alegre do Pindaré, este de gestão municipal.

As entregas das novas unidades somam-se aos seis hospitais regionais, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO) e o Centro de Especialidades Odontológicas (Sorrir). Com saldos tão positivos, o Maranhão vai abandonando o carma histórico, que os nascidos nessa nova maternidade conhecerão apenas nas salas de aula.