Lobão Filho diz que Roseana candidata a senadora tira o sono de Flávio Dino

O ex-senador Lobão Filho concedeu uma entrevista ao Programa Ponto Continuando e falou sobre a sua volta à política e sua pré-candidatura a deputado federal.

Durante o bate papo, Edinho falou sobre sua pré-candidatura a deputado federal. “Nós estamos numa pré-candidatura, discutindo, analisando, andando pra saber como é que a população vê uma possível candidatura minha. Muito feliz em ver que aonde tenho andado, onde tenho passado, o carinho com que as pessoas tem recebido, me passa, claramente, a mensagem de que eu poderei realmente ser um candidato exitoso, vitorioso”, disse.

Questionado sobre sua volta à política, ele destacou que retornou ao cenário por conta de sua insatisfação com a atual situação do estado. “O que me fez pensar e voltar à vida pública é que, pra falar a verdade, eu não estou muito não estou muito satisfeito com o que tem acontecido aqui no Maranhão, o rumo da gestão pública no estado. Pra mim tem sido decepcionante e é muito pesaroso você olhar isso à distância e saber que pode fazer alguma coisa e não fazer nada”, explicou.

Edinho disse que continua no MDB, e que Roseana Sarney como candidata a deputada federal vai ajudar a legenda fazer 4 deputados. Ainda disse que a ex-governadora será a divisora de águas nas eleições de 2022 e que ela pode tirar o sono do atual governador Flávio Dino, que é pré-candidato a senador.

O ex-senador avalia que Roseana pode compor com um candidato a governador, ser candidata a senadora e que ganharia de Flávio. “Quando Flávio Dino sair do governo, vai viver uma realidade diferente”, ao explicar que ele perderá apoio de prefeitos e lideranças políticas.

Lobão ainda disse que acredita que Flávio Dino anunciará o vice-governador Brandão como seu pré-candidato a sucessão. E reafirmou o apoio ao pré-candidato a governador, senador Weverton (PDT). Disse que é possível que o MDB pode vim a compor com o grupo do atual governador, mas que é difícil.

Lobão Filho confirma apoio a Weverton

O pré-candidato a deputado federal pelo MDB, o empresário Lobão Filho confirmou que apoiará o senador Weverton (PDT) ao Governo do Maranhão em 2022.

Em entrevista durante a inauguração do hospital do Amor, em Imperatriz, o ex-candidato a governador afirmou: “O MDB não sei, mas eu vou”.

O MDB está dividido entre lançar a presidente estadual e ex-governadora Roseana Sarney como candidata a governadora ou apoiar o vice-governador Carlos Brandão, o senador Weverton e o ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr.

Calote de Edinho sobra pra Arnaldo Melo

edinhoarnaldoSobrou até para o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), as cobranças pelos calotes do candidato a governador do Maranhão, Edinho Lobão. Arnaldo, que era vice de Edinho, sofreu a cobrança das dívidas de campanha.

Nesta quinta-feira (23), um radialista de Imperatriz, fez a cobrança para o peemdebista no plenário da Assembleia Legislativa para todo mundo ver. “E aí presidente, o senhor que era vice do Lobão Filho, quando é que vocês vão pagar a gente?”

Arnaldo tomou um susto com cobrança. O presidente disse que não tinha nada a ver com isso. Vários profissionais que trabalharam na campanha de Edinho não receberam pagamento.

Marido de prefeita é preso por compra de votos com R$ 60 mil

Do Blog do Jorge Vieira

dinheiroA polícia Militar prendeu na madrugada deste domingo, Herlon Costa, esposa da prefeita de Urbano Santos, Iracema Vale, comprando votos para os candidatos Paulo Neto, Hildo Rocha, Gastão Vieira e Edinho Lobão no município de Belágua.

Segundo informações colhidas pelo blog, após receber voz de prisão, Herlon foi conduzido para a delegacia de Urbano Santos. Em seu poder os policiais encontraram a quantia de R$ 60 mil, dinheiro que seria distribuído em troca do voto.

 

O promotor do município de Urbano Santos, Cristian Gonzales, acompanhou todo o procedimento contra o esposo da prefeita na delegacia e deve denunciá-lo por compra de votos, procedimento vedado pela Justiça Eleitoral.

 

Por conta da prisão do infrator, o clima em Urbano Santos é de euforia. Os adversários da prefeita temiam que a compra de votos interferisse no resultado da eleição no município, onde a oposição lidera com folga.