Imagem do Dia: Flávio, Weverton e Brandão

A imagem do dia é de uma reunião que aconteceu na noite desta quinta-feira, 15, entre o governador Flávio Dino, o vice-governador Carlos Brandão e o senador Weverton. Na pauta: o diálogo e o consenso?

“Hoje tive longa e produtiva reunião com o vice-governador Carlos Brandão e com o senador Weverton. Somos aliados de longa data e temos compromisso quanto à continuidade das mudanças positivas no Maranhão. No tempo certo, irei coordenar os diálogos necessários com o nosso grupo”, disse o governador Flávio Dino.

Weverton diz que Flávio Dino não vai impor nome do sucessor

Nesta quarta-feira (14), o senador Weverton Rocha (PDT) afirmou, em entrevista à rádio Mirante AM, que não haverá imposição por parte do governador Flávio Dino na escolha do seu sucessor.

Segundo o parlamentar, Flávio Dino nunca tomou decisões arbitrárias em desacordo com o grupo político que lidera.

“O Flávio não vai impor, fosse assim o Edivaldo não teria sido reeleito. Ele poderia ter um outro candidato, mas ele ouviu os partidos e o grupo”, disse Weverton

Luciano Genésio deve ser elo com Fufuca para sacramentar aliança PDT-PP em 2022

Após a senadora Eliziane, o PSB, e o PSL declararem apoio ao projeto político do senador Weverton (PDT) para Governo Estadual em 2022.

O jovem parlamentar pode receber o apoio dos Progressistas, presidido no Maranhão pelo deputado federal André Fufuca.

Na última eleição da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Fufuquinha apoiou o candidato à presidente da Famem apoiado pelo vice-governador, Carlos Brandão.

Acontece que Brandão, que também é pré-candidato ao Governo, esqueceu o correligionário e não cumpriu os acordos feitos com os prefeitos do partido.

Outro fator que pode contribuir, e muito, para a adesão do partido a pré-candidatura de Weverton é o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio.

O gestor é vice-presidente da Famem e tem uma relação próxima com o senador e o deputado. Como um articulador nato, ele pode ser o elo entre os dois.

Vale destacar que Genésio será primordial na (pré) campanha de WR, pois o mesmo tem uma articulação na região da Baixada e deve levar dezenas de prefeitos para o projeto.

As articulações também acontecem em Brasília. O presidente da Câmara, Arthur Lira, que tem articulado junto com os partidos o apoio ao Weverton, é do PP. A conjuntura nacional pesará nessa conjuntura política.

Senador Weverton homenageia profissionais de imprensa pelo dia do jornalista

O senador Weverton (PDT) homenageia os jornalistas pela passagem do seu dia. O parlamentar reforçou a importância da profissão na sociedade.

“O jornalismo é o pilar da democracia e nós precisamos defendê-lo sempre. Diante do crescente número de agressões contra jornalistas, apresentei um projeto que agrava a pena para quem cometer crime de lesão corporal contra profissionais de imprensa no exercício da sua profissão ou em razão dela. Isso não pode acontecer”, disse Weverton.

O jovem senador já fez diversas manifestações em defesa da democracia e da liberdade de expressão. “Contem comigo na defesa da liberdade de atuação da imprensa. Vamos juntos”, finalizou.

Eliziane abre mão de candidatura ao governo e declara apoio a Weverton

Em entrevista à TV Mirante nesta sexta-feira (2), a senadora Eliziane Gama (Cidadania) lançou o nome do senador Weverton Rocha (PDT) como pré-candidato a governador do Maranhão para as eleições 2022.

A parlamentar era cogitada como pré-candidata ao governo, com a declaração, abre mão de disputar e agora soma-se ao projeto de Weverton.

Segundo ela, Weverton reúne hoje as melhores condições de concorrer ao governo no grupo do governador Flávio Dino.

“Havia uma disposição de eu ser pré-candidata a governadora do Maranhão. Nós temos hoje dentro do nosso grupo dois nomes que se posicionam, o do vice-governador Carlos Brandão e do meu colega de Senado Weverton Rocha. Num debate interno dentro do Cidadania, nós entendemos que não era o momento hoje da nossa pré-candidatura ao governo do estado, como ao mesmo tempo entendemos dentro do grupo, que é coordenado pelo nosso líder o governador Flávio Dino, que o nome do Weverton acabou encontrando mais condições, envolvendo mais lideranças políticas, trazendo na verdade propostas importantes”, afirmou Eliziane.

A parlamentar também declarou apoio a pré-candidatura de Flávio Dino ao Senado Federal.

“Hoje nós temos o Weverton como pré-candidato ao governo e nosso governador Flávio Dino como candidato para o cargo que desejar. Ele terá nosso apoio incondicional”, disse.

2022: Escutec também aponta liderança de Weverton dentro do grupo de Dino

Neste sábado, 27, o Jornal O Estado do Maranhão divulgou uma Pesquisa Escutec sobre as eleições de 2022.

Os números colocam a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) e o senador Weverton Rocha (PDT) na liderança.

O parlamentar fica em situação de destaque dentro do grupo de Flávio Dino, uma vez que Roseana já deixou claro que pretende concorrer a um cargo proporcional.

No primeiro cenário, estimulado, com doze nomes:

Roseana – 23%
Weverton – 14%;
Edivaldo Holanda Júnior – 13%
Carlos Brandão – 9%
Roberto Rocha – 8%
Eliziane Gama – 3%
Wellington do Curso – 3%
Simplício Araújo – 2%

Os demais nomes: deputado federal licenciado Márcio Jerry; o prefeito Lahesio Bonfim (São Pedro dos Crentes); o deputado federal Josimar de Maranhãozinho e o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, pontuaram com 1%, cada. Nenhum dos candidatos 8% e 13% não souberam ou não responderam.

No segundo cenário, estimulado, no qual são apresentados:

Roseana – 29%
Weverton – 20%
Brandão – 12%
Rocha – 11%
Nenhum deles – 18%
NS/NR – 10%

No terceiro cenário, no qual são citados apenas os nomes de Weverton, Brandão e RR.

Weverton 25%,
Brandão 15%
Rocha 13%.
Nenhum deles 30%
NS/NR 17%

Senado

O levantamento também mensurou a preferência do eleitorado em relação a única vaga para o Senado que estará em disputa.

Flávio Dino – 51%
Roberto Rocha – 21%
Josimar de Maranhãozinho – 8%.
Nenhum deles – 15%.

Presidente

Luiz Inácio Lula da Silva – 54%
Jair Bolsonaro – 20%
Ciro Gomes – 7%
Sérgio Moro – 3%
João Dória – 2%
Luciano Huck – 2%
João Amoedo – 2%
Eduardo Leite – 1%
Nenhum deles – 5%

A pesquisa Escutec foi realizado no período compreendido entre os dias 20 a 25 deste mês. Foram ouvidos 1.400 eleitores. A margem de erro é de 2%, para mais ou para menos, e possui nível de confiabilidade de 90%.

Weverton e comitiva visitam Balsas e parlamentar destina 1 milhão para saúde

O senador Weverton e o presidente da Famem, Erlanio Xavier, acompanhados de lideranças estaduais, visitaram nesta quinta-feira (25), o município de Balsas, um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19 e que necessita de auxílio urgente.

Para garantir o apoio necessário, o senador Weverton anunciou, durante a visita, a destinação de 1 milhão de reais de emendas parlamentares para a saúde do município.

Erlanio destacou que a prioridade é garantir o atendimento adequado a quem contrair a doença, além de intensificar a vacinação e as medidas preventivas. “Agradeço a parceria e o empenho de todos na luta contra a pandemia”, disse o presidente da Famem, Erlanio Xavier.

Estiveram presentes o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), o secretário de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser (PDT), além do prefeito do município, Dr. Erik, a prefeita de Feira Nova, Luiza Coutinho, a prefeita de Nova Colinas, Josa, o prefeito de Riachão, Ruggero, o prefeito de São Raimundo das Mangabeiras, Accioly Cardoso, e vereadores do município de Balsas.

Weverton apresenta seis emendas à MP do Auxílio Emergencial

O senador Weverton (PDT-MA) quer garantir o pagamento de R$ 600 de auxílio emergencial. O parlamentar apresentou 6 emendas à MP 1.039, que estabelece o valor padrão de R$ 250, pagos em quatro parcelas mensais a partir de abril. Para o senador, o valor é inviável, já que o custo médio da cesta básica é de R$ 631,64.

“E ainda precisamos computar o preço do gás que está na faixa de R$ 100. Não podemos aceitar este valor proposto pelo governo federal no pior momento da pandemia, com uma série de restrições que dificultam quem está na informalidade sair à rua para buscar o sustento da família. O auxílio precisa ser ao menos suficiente para alimentar as famílias”, explicou.

O auxílio emergencial de 2021 será limitado a uma pessoa por família, sendo que mulher chefe de família monoparental terá direito a R$ 375. Para Weverton, este valor é inviável para mulheres que criam seus filhos sozinhas. O parlamentar apresentou outra emenda que aumenta de R$ 375,00 para R$ 1.200,00.

“Diminuir o auxilio emergencial para essas mãe que cuidam da família inteira é deixar na miserabilidade e vulnerabilidade alimentar mais de 28,9 milhões de famílias chefiadas por mulheres, não levando em consideração que hoje, há uma queda no emprego para as mães no fim da licença-maternidade e são elas as maiores vítimas de perda do emprego por iniciativa do empregador”, ressaltou.

Weverton apresentou ainda uma proposta que estabelece que aqueles auxílios emergenciais que não foram sacados das suas contas digitais nos prazos estipulados no regulamento e foram devolvidos por recebimento irregulares, retornem de forma automática para o pagamento e novos auxílios e não sejam realocados para os cofres do Tesouro Nacional.

Outra proposta apresentada pelo senador estabelece que o trabalhador que em 2019 recebeu rendimento acima de R$ 28.559,70, ou tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos superior a R$ 300.000,00, ou que tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.000 receba o auxilio emergencial.

“Essa medida se faz necessária para incluir entre os beneficiários do auxilio emergencial aqueles que foram demitidos em 2020 e 2021, pois se a pessoa teve renda 2019 não quer dizer que ela teve em 2020 ou em 2021. O coronavírus impediu muita gente de procurar emprego ou exercer atividades econômicas e garantir seu sustento”, declarou.

Neto Evangelista destaca protagonismo de Weverton na implantação do Hospital de Amor

Durante sessão virtual da Assembleia Legislativa desta terça-feira (23), o deputado Neto Evangelista destacou o protagonismo de Weverton Rocha na implantação do Hospital de Amor no Maranhão.

Para Neto Evangelista, além de ajudar milhares de maranhenses no tratamento dessa doença tão agressiva, o Hospital de Amor contribuirá com o alívio da demanda no Hospital Aldenora Bello. E isso vem justamente no momento difícil para a saúde pública, devido a pandemia de covid-19.

“O Hospital de Amor é referência nacional na detecção e tratamento de câncer, e com certeza ajudará milhares de maranhenses que sofrem com essa doença, além de diminuir o grande fluxo de pacientes do Aldenora Bello, que desempenha um trabalho de excelência no tratamento de câncer em São Luís”, finalizou o deputado.

Pesquisa Exata mostra cenários de sucessão de Flávio Dino

O Instituto Exata divulgou hoje, 23, uma pesquisa sobre a intenção de votos da população para as próximas eleições de 2022 de Governador, Senador e Presidente da República.

A pesquisa foi realizada por meio de abordagem em domicílios sorteados. Ao todo, foram ouvidas 1403 pessoas de diversas regiões do Maranhão.

A margem de erro da pesquisa foi de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O intervalo de 95% de confiabilidade.

O primeiro cenário é para governador. Na espontânea, quando o entrevistado é questionado em quem ele votaria se as eleições fossem hoje sem apresentar nomes.

GOVERNADOR – ESPONTÂNEO

Flávio Dino – 10,98%
Roseana Sarney – 5,20%
Senador Weverton – 2,71%
Roberto Rocha – 2,07%
Dr. Lahesio – 0,86%
Josimar de Maranhãozinho – 0,78%
Carlos Brandão – 0,78%
Edivaldo Holanda Júnior – 0,50%

Os demais pontuaram abaixo de 0,50%. Nenhum, brancos e nulos soma-se 3,42% e o que “não sabe/não respondeu” aparece com 70,49%.

GOVERNADOR – ESTIMULADA

No cenário B, onde são avaliados os nomes do senador Weverton, o vice-governador Carlos Brandão e o deputado federal Josimar Maranhãozinho.

Weverton aparece com 32%, seguido de Brandão com 16% e, em terceiro, Josimar com 13%.

No cenário C, o senador Weverton aparece com 36% contra Carlos Brandão com 20%. Nenhum, branco e nulo soma 23%. Não sabe/não respondeu aparece com 21%.

SENADOR – ESTIMULADA

Para o cargo de senador, o atual governador Flávio Dino aparece com 45%, seguido da ex-governadora Roseana Sarney com 18%. Em terceiro, aparece o senador Roberto Rocha com 16%, Josimar Maranhãozinho com 6%, em quarto, e o presidente da Alema, Othelino Neto com 4%, em quinto lugar. Nenhum, branco e nulo soma 5%. Não sabe/não respondeu aparece com 6%.

PRESIDENTE – ESTIMULADA

Para o cargo de presidente da República, Lula aparece com 69%, seguido de Jair Bolsonaro com 16%, logo em seguida, Ciro Gomes com 6%. Em quarto, o ex-juiz Sergio Moro com 4% e, em quinto, Doria com 1%. Nenhum, branco e nulo soma 3%. Não sabe/não respondeu aparece com 1%.