Fusão DEM-PTB pode levar novo partido para chapa de Edivaldo em São Luís

Vereadores de DEM-PTB em São Luís: apoio do novo partido passa por eles

Vereadores de DEM-PTB em São Luís: apoio do novo partido passa por eles

Em entrevista aos Blogs Marrapá e Clodoaldo Corrêa neste final de semana, a deputada federal Eliziane Gama afirmou contar com o novo partido que será originado da fusão entre PTB e DEM. De fato, a proximidade nacional do DEM e o diálogo que tem tido com Pedro Fernandes (presidente estadual do PTB), indicam a aliança. Mas a organização passa pelo diretório municipal.

E justamente aí que entra a provável direção municipal do novo partido. E dos dois vereadores da nova legenda em São Luís: Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Sebastião Albuquerque (DEM). Os dois são muito próximos a Edivaldo e tendem a apoiar o atual prefeito.

O PTB em São Luís é comandado por Denisson Costa, homem de confiança do vereador Pedro Lucas Fernandes. Já o DEM, é comandado hoje por Ricardo Guterres, que é contra a gestão Edivaldo.

Mas o peso dos dois vereadores no comando do partido no município será decisivo.

Política maranhense em notas

Lobão tem 20 dias pra se explicar

lobaoO ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso deu prazo de 20 dias para que o senador e ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão (PMDB-MA) se manifeste sobre suspeitas de que seria sócio oculto de uma holding sediada nas Ilhas Cayman, paraíso fiscal caribenho. No despacho, o ministro também decidiu retirar o sigilo do inquérito, preservado apenas nas informações que envolvam sigilos bancário e fiscal. Rodrigo Janot, procurador-geral da República, avaliou necessária realização de diligências para investigar Lobão. O senador é acusado de participar das empresas voltadas para captar recursos de fundos de pensões de estatais, fornecedoras da Petrobrás e empresas que recebem recursos de bancos públicos.

PP perto de ter mais um vereador

fabiocamaraDepois da vereadora Rose Sales, mais um parlamentar da Câmara Municipal de São Luís deve desembarcar no PP. Fábio Câmara, sem espaço no comando das decisões do PMDB, está com as negociações avançadas para se filiar ao PP do deputado Waldir Maranhão, que deve passar muito rápido de zero a dois vereadores. O PMDB ficará na situação exatamente inversa: elegeu dois vereadores em 2012 e deverá ficar sem nenhum. Câmara tem dito aos mais próximos que Roberto Costa tenta levar o PMDB para a chapa do prefeito Edivaldo e por isso ele não deverá permanecer. Câmara e Rose já estão fazendo dobradinha no parlamento e agora também deverão estar no mesmo partido. E ainda tem mais um vereador a caminho do partido de Waldir. Mas é assunto pra outro post.

Rose diz ter garantia de Waldir

Em uma rápida conversa com jornalistas na Câmara Municipal, a vereadora Rose Sales afirmou que tinha a garantia do deputado Waldir Maranhão de que teria a legenda para disputar a prefeitura de São Luís. A nova progressista disse que não estava pra brincadeira e estava mudando de partido mesmo para disputar o Palácio de La Ravadiére.

Pedido mais antigo

IMG-20150518-WA0013Em nome da justiça e a pedido de leitores, o Blog lembra que a reforma da quadra poliesportiva do Rio Anil já vem sendo solicitada pelo vereador Pedro Lucas Fernandes desde 2013. O vereador Pavão Filho (PDT) fez a solicitação agora (releia), mas que já vinha sendo feita pelo petebista. Pessoas da comunidade informaram que Pedro Lucas levou o prefeito até o bairro e Edivaldo se comprometeu em realizar obra. A construção da quadra foi solicitada por Pavão ainda na década de 90. O melhor é que já se tem informações de que o serviço será feito e a prefeitura irá recuperar a quadra.

 

Levi Pontes rebate factoide da transparência

O deputado Levi Pontes (SD) falou sobre a colocação do Maranhão no ranking da transparência e rebateu o factoide de que faltaria transparência ao governo do Maranhão. O Programa Brasil Transparente existe desde 2013 e só existiam três Estados que não tinham assinado este acordo, dentre eles, o Maranhão, o que atrasou o estado. No dia 20 de março, o governador Flávio Dino aderiu ao programa. o Programa Brasil Transparente existe desde 2013 e só existiam três Estados que não tinham assinado este acordo, dentre eles, o Maranhão. Mas, no dia 20 de março o governador Flávio Dino, em um ato simbólico, aderiu ao programa”.

Limpeza pública reforçada em São Luís

limpezaO prefeito Edivaldo anunciou nesta segunda-feira (18) o incremento de 31 novas equipes de trabalho de limpeza pública da capital maranhense, com mais 600 novos agentes trabalhando diariamente em serviços de capina, roçagem, raspagem e pintura de meios-fios. São 40 novos equipamentos e máquinas, incluindo caçambas, caminhões e retroescavadeiras. A primeira fase do trabalho, com duração de 21 dias, contempla o Centro, o Anel Viário e os grandes corredores (ruas e avenidas) de São Luís.

Câmara autoriza prefeitura a adquirir empréstimo para pavimentação

Pedro Lucas destacou importância do empréstimo para asfaltamento da cidade

Pedro Lucas destacou importância do empréstimo para asfaltamento da cidade

A Prefeitura de São Luís está autorizada pela Câmara Municipal a adquirir financiamento no valor de R$ 35 milhões junto à Caixa Econômica Federal para obras de pavimentação na área Itaqui-Bacanga e Areinha. As obras fazem parte do Programa Pró-Transporte Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas do PAC 2. A autorização para o financiamento que garantirá as obras foi aprovada pelo parlamento municipal nesta quarta-feira (25).

A Câmara já havia autorizado por unanimidade a aquisição do financiamento pela Prefeitura no valor de R$ 70 milhões, mas a Caixa Econômica Federal recomendou a metade da quantia. Por isso, foi feito um novo projeto. O presidente da comissão de Orçamento da Câmara, vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), explicou que não é um novo empréstimo, mas um corte pela metade do que havia sido solicitado inicialmente no valor de R$ 70 milhões.

“O governo federal cortou o empréstimo que já tínhamos aprovado de R$ 70 milhões, então se criou um novo de R$ 35 milhões. E a Câmara deu o primeiro passo para que possamos melhorar a pavimentação, que é uma necessidade urgente. A Câmara está em sintonia com o Executivo, porque sabemos das necessidades financeiras”, pontuou o parlamentar.

Pedro Lucas ressaltou o trâmite burocrático de um financiamento como este, que passará por um longo processo até ser liberado e ocorrer a execução das obras. “É importante saber que o recurso não estará em uma semana na conta da Prefeitura. Para termos ideia, tem recurso da época do ex-prefeito Tadeu Palácio que chegou nesta gestão. É um longo caminho. Tem que passar pelo Tesouro Nacional, avaliação. Mas eu tenho certeza que o projeto está enxuto e vamos conseguir os recursos”, afirmou.

Cumprindo todas as exigências de transparência, o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento, José Cursino Raposo, esteve na Câmara em março deste ano, quando detalhou os objetivos do empréstimo. A dívida consolidada líquida corresponde atualmente a 20,1% da Receita Corrente Líquida (RCL) do município. Com um financiamento de R$ 70 milhões, passaria a ser de 21,32% da RCL. O percentual é ainda menor com o valor de R$ 35 milhões, abaixo do limite legal de 120% da RCL e do limite prudencial de 108% da RCL.