Luiz Henrique Lula da Silva assume mandato de deputado estadual

Vice-líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), o deputado Zé Inácio informou ao governador Flávio Dino, na noite desta quarta-feira (9), que irá se licenciar do cargo.

Em sua vaga de deputado estadual assume o suplente Luiz Henrique Lula Da Silva, também do Partido dos Trabalhadores (PT).

O anúncio foi feito durante reunião no Palácio dos Leões. Presentes ao momento, a secretária-chefe da Assessoria Especial do Governador, Joslene Rodrigues, o secretário de Cidades, Márcio Jerry, o secretário de Comunicação, Ricardo Cappelli, e o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves.

Sobre Luiz Henrique Lula da Silva

Natural de São Luís, Luiz Henrique Lula da Silva é jornalista e membro da Direção Nacional do PT. Foi secretário adjunto de Cidades durante a gestão do governador Jackson Lago, presidente da Associação Brasileira de Rádios Comunitárias no Maranhão (Abraço-MA) e gestor substituto da Delegacia de Desenvolvimento Agrário do Maranhão durante o governo do presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Zé Inácio é o novo vice-líder do governo na Alema

O governador Flávio Dino anunciou nesta quinta-feira, 15, o deputado Zé Inácio (PT) como novo integrante da liderança do governo na Assembleia Legislativa, na condição de vice-líder.

Ele atuará em conjunto com o líder Rafael Leitoa (PDT).

A escolha é mais um espaço para o Partido dos Trabalhadores, legenda do ex-presidente Lula.

Parcial Oficial do PT: chapa de Lobato lidera com vantagem de 600 votos

Briga entre Zé Inácio (dir) e Augusto Lobato (esq) pela cadeira de Monteiro (centro) é acirrada, com vantagem para o oposicionista

Embora exista uma guerra de informações na apuração do Processo de Eleição Direta (PED) do Partido dos Trabalhadores, agora é possível afirmar categoricamente a liderança da chapa “Mudança Lobato Presidente” lidera a corrida eleitoral.

A Comissão Eleitoral (COE) publicou oficialmente uma parcial pela primeira vez na noite de ontem (11). A parcial é de 23h45 com 152 municípios apurados.

Na parcial oficial do PT a chapa de Lobato 3.659 votos. A chapa de Zé Inácio, está com 3.002 votos.

Vale lembrar que a eleição aconteceu em 192 municípios. Este Blog divulgou ontem uma parcial paralela, com números parecidos, mas não bateram com os oficiais. Já os números divulgados pelo candidato Zé Inácio em alguns Blogs foram muito discrepantes.

Foram anuladas eleições nos municípios de Água Doce, Bacabeira, Buriti Bravo, Cajapió, Conceição do Lago Açu, Grajaú, Junco do Maranhão, Montes Altos, Pedro do Rosário, Penalva, Pio XII, Porto Franco e São Raimundo do Doca Bezerra.

As urnas eleitorais são lacradas e enviados para a Comissão Eleitoral nacional do PED e depois os resultados são enviados para a estadual. As chapas vão fazendo apuração paralela e resultados diferentes vão aparecendo. Agora estes são oficiais.

Parcial oficial da eleição do PT – 152 municípios apurados

465 – Chapa Mudança Lobato Presidente, de Augusto Lobato – 3.659 votos
480- Chapa Por um MA Mais Justo para Todos e para Lula, de Zé Inácio – 3.002 votos
490- Chapa CNB na Luta 2018, de Francimar – 1.114 votos
400- Chapa Lula Presidente, de Paulo Romão – 811 votos
477- Chapa Piracema , de Eri Castro – 183 votos

Eleição de Zé Inácio para presidente do PT ficou muito distante

O deputado Zé Inácio caiu de favorito para provável terceiro colocado nas eleições para presidente estadual do PT. O deputado caiu no conceito do eleitorado petista e hoje tem uma eleição muito mais difícil.

O afastamento gradativo de Inácio do governo complicou sua situação. Sua principal bandeira de campanha era que teria suas emendas liberadas para ajudar os companheiros e garantiria mais espaço no governo como elo do partido com o Palácio dos Leões. Promessa essa que não poderá ser cumprida com o distanciamento enorme entre o parlamentar e o governador Flávio Dino hoje.

O ponto alto do distanciamento foi o boicote do deputado à votação da MP 230, que aumenta os salários dos professores estaduais.

Baixa na chapa

A chapa de Zé Inácio ainda teve uma considerável baixa. O candidato a secretário-geral da chapa “Por um Maranhão mais justo para todos e para Lula”, Nonato Chocolate, teve o registro impugnado por estar inadimplente com os compromissos partidários do partido. Inácio tentou emplacar Chocolate na secretaria estadual de Cultura no lugar do também petista Marlon Botão. A tentativa de golpe em um companheiro mesmo sendo de outra ala do partido foi muito mal vista dentro do PT.

Zé Inácio e Augusto Lobato disputarão a presidência do PT maranhense

Zé Inácio e Augusto Lobato disputam a cadeira de Raimundo Monteiro na presidência do PT

O deputado estadual Zé Inácio confirmou que irá bater chapa com o até então único pré-candidato à presidência do PT no Maranhão, Augusto Lobato. Zé Inácio tem apoio do atual presidente do partido, Raimundo Monteiro. Mas Lobato é apoiado pelo deputado federal Zé Carlos.

Zé Inácio era um dos que mais pregava unidade no Processo de Eleição Direta (PED) do PT. Hoje, o partido está unificado em torno da aliança com o governador Flávio Dino, mas se não tivesse uma disputa interna, não seria PT.

A eleição promete ser acirrada. Além do apoio do grupo de Zé Carlos, Augusto tem apoio do grupo mais próximo ao Palácio dos Leões (a antiga Resistência Petista) encabeçada pelo secretário estadual de esportes, Márcio Jardim.

A ala que apoia Zé Inácio é majoritária: a CNB (Construindo um Novo Brasil). Se Inácio conseguisse unificar a CNB, certamente seria eleito. Mas tudo indica que a corrente majoritária irá se dividir capitaneada pelos apoiadores de Augusto. O que torna a disputa muito equilibrada.

Houve mudanças nas regras do PED. Agora, os filiados não votam na eleição da direção estadual. A eleição será direta nos diretórios municipais. Aí serão formados os delegados que elegeram a direção estadual.

O PED municipal está marcado para 12 de março. Serão escolhidos 260 delegados que em 26 de março elegerão a nova direção estadual. No começo de abril de abril será realizado o congresso do partido, quando se debate a tese para as eleições de 2018 e a possibilidade de candidatura de Lula à presidência da República.

 

Zé Inácio cobra melhorias na telefonia móvel do Estado

WhatsApp Image 2016-08-10 at 09.06.41O Deputado Zé Inácio participou na tarde desta terça-feira (09) de uma reunião com a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia, o Procon e representantes da Anatel e das companhias telefônicas Oi, Tim, Vivo e Claro.

Durante a reunião foi discutida a qualidade da telefonia móvel no maranhão, que segundo dados esta entre os quatro estados com pior cobertura de telefonia móvel no país. Também foi discutido durante o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado em 2014, após a CPI da Telefonia, instalada na Assembleia Legislativa.

O TAC dispunha de 15 clausulas que firmavam o compromisso das operadoras que atuam no Maranhão de garantir investimentos que melhorassem os serviços prestados no estado.

Zé Inácio destacou o fato de as metas estabelecidas não terem sido alcançadas, inclusive com piora em alguns aspectos e questionou as operadas do porque os investimentos dessas empresas não estarem refletindo em melhoras na prestação do serviço.

Também foi discutida a qualidade da cobertura de telefonia e internet móvel em pontos estratégicos e turísticos do estado. Zé Inácio destacou o Terminal do Cujupe, que concentra um grande numero de viajantes diariamente. Localidades como Barreirinhas, Carolina e Centro Histórico de São Luís também foram citados.

Após essa reunião as operadoras passam a ter um prazo de 60 dias para apresentar um projeto de melhoria na cobertura da telefonia móvel, fixa e nos outros serviços prestados aos maranhenses.

“As mudanças que houveram após a assinatura da TAC foram pouco expressivas, por isso estou aqui mais uma vez cobrando essas melhorias, que se alcançadas irão melhorar a vida dos maranhenses de inúmeras formas.”, disse Zé Inácio.

Estiveram presentes na reunião o deputado Junior Verde, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia e Duarte Jr, diretor do Procon – MA.

Zé Inácio participa de maratona de convenções partidárias pelo interior do Estado

Convenção em Fortuna

Convenção em Fortuna

No ultimo dia 04 o deputado participou da Convenção Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) em São Luís, que contou com a presença de lideranças do PT e PDT, entre eles o prefeito Edivaldo Holanda.

Zé Inácio destacou a importância da aliança entre esses partidos, para as eleições 2016, sobretudo o apoio à reeleição de Edivaldo Holanda Jr.

Já no dia cinco Zé Inácio participou de convenções nas cidades de Mirador, garantido seu apoio ao pré-candidato a prefeito Marquinhos (PT); Em Fortuna reafirmou seu apoio à reeleição do atual prefeito, Arlindo (PDT) e aos candidatos a vereadores que compõem a coligação.

Convenção em Itinga

Convenção em Itinga

Neste mesmo dia o deputado esteve na cidade de Santa Luzia, participando da convenção que homologou a candidatura de França do Macaquinho a prefeitura da cidade.

Zé Inácio esteve também em Itinga do Maranhão, apoiando a candidatura de Francisco Bosco (PTC) a prefeito. O atual vice-prefeito dará continuidade ao excelente trabalho que a prefeita Vete Botelho fez pela população e pela cidade de Itinga durante seus dois mandatos.

Zé Inácio destaca obras do governo em São Pedro dos Crentes e Fortaleza dos Nogueiras

13754200_1000581700061186_3568613270013822528_nO deputado Zé Inácio participou na última sexta-feira (15) da inauguração da estrada que ligas as cidades de São Pedro dos Crentes e Fortaleza dos Nogueiras. A obra foi realizada através do programa mais asfalto do governo do Estado.

Foram asfaltados 52 quilômetros da MA-138, recuperando a via e melhorando as condições de tráfego entre municípios da Região Sul do Estado.

O deputado destacou a importância do programa Mais asfalto, “Parabenizo o Governador Flávio Dino por esta importante obra, que irá garantir melhores condições de locomoção e trafegabilidade entre os municípios do sul do Maranhão e pelo programa Mais Asfalto, que tem reestruturado as estradas do nosso estado, garantindo assim melhor qualidade de vida à população.”, declarou.

Zé Inácio aproveitou a oportunidade para destacar a inauguração da primeira ‘Escola Digna’ do Maranhão, que fica no povoado de Muriçoca, localizado no município de Fortaleza dos Nogueiras.

“A ‘Escola Digna’ é um programa extremamente importante para o Maranhão, pois garante a educação básica e em condições adequadas em lugares antes esquecidos pelo Poder Público”, disse.

O programa ‘Escola Digna’, criado pelo governador Flávio Dino, substitui escolas improvisadas de taipa, palha, galpões ou estruturas inadequadas, por unidades de ensino de alvenaria, garantindo assim as condições necessárias para o acesso à educação.

PT indica candidatura própria de Zé Inácio ou Mário Macieira

Zé Inácio apontado como possível candidato do PT a prefeito de São Luís

Zé Inácio apontado como possível candidato do PT a prefeito de São Luís

Na noite desta segunda-feira (13) o deputado Zé Inácio participou da plenária municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) e aproveitou a oportunidade para colocar-se a disposição do partido na disputa pela prefeitura de São Luís este ano.

Além do parlamentar o ex-presidente da OAB, Marcio Macieira é uma das opções do partido. Zé Inácio deixou claro durante a plenária que deseja o consenso de todos do partido para aceitar a candidatura.

Inácio disse ainda que o objetivo é trabalharem todos juntos para escolher o melhor representante do partido, o que seria uma oportunidade para dialogar com a sociedade e apresentar propostas que visam melhorar a vida da população de São Luis, além de defender o legado do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma Rousseff.

Zé Inácio tem o apoio do deputado federal Zé Carlos, do vereador Honorato Fernandes, do presidente estadual do PT, Monteiro, do presidente do diretório municipal Fernando Magalhães, além de lideranças políticas como Lobato e Henrique Sousa.

Zé Inácio: “Está claro. Impeachment é para barrar Lava Jato”

1f72ae7a17e9bb59b8593b0ae0f92d541O deputado Zé Inácio comentou na tribuna da Assembleia Legislativa as sucessivas notícias negativas do governo interino do presidente Temer. “Nesta última semana o Governo se envolveu em mais uma gigantesca crise que demonstra os riscos de Temer não resistir no cargo durante muito tempo, já que a situação dele, cada vez mais, se complica”, disse.

Para Zé Inácio, o diálogo publicado pela Folha de São Paulo na segunda-feira (23) entre o então o ministro do Planejamento, Romero Jucá, e o empresário Sérgio Machado, mostra os verdadeiros objetivos do impeachment. “Está claro o que todos nós falávamos: o impeachment é um golpe, primeiro, porque não existiu e não existe crime de responsabilidade; segundo, porque o objetivo do impeachment era barrar a operação Lava Jato”, afirmou.

O deputado também destacou o trabalho feito por políticos investigados para driblar as investigações contra a corrupção. “Aquele pacto, aquele Governo de salvação nacional que foi anunciado para o país, era para salvar os políticos corruptos do PSDB e do PMDB, que estão respondendo a inquéritos. O caso do Romero Jucá, por exemplo, é esclarecedor, já que ele responde a dois inquéritos na Lava Jato, e mesmo com a quebra sigilo bancário realizado na última semana, foi nomeado por Michel Temer”, enfatizou.

A notícia divulgada pela Folha também cita que Jucá afirma que Cunha era peça estratégica, sendo importante para o impeachment se consolidar.  “O Romero Jucá afirma que trabalho de Cunha e de Renan Calheiros é importante para os políticos PSDB e do PMDB, ficando evidente que este pacto nacional divulgado por todo o país nada mais era do que uma estratégia para afastar as investigações da Lava-Jato”, contou.

Zé Inácio finalizou falando sobre a participação popular, que vêm percebendo as tentativas corruptas deste governo e que têm lutado por um governo legítimo, por meio de manifestações que são realizadas por todo o país. “As pessoas estão percebendo os objetivos de Temer e de sua bancada. Até mesmo senadores que votaram a favor do impeachment já deram declarações de que voltarão atrás em suas decisões”, concluiu.