Esmênia cai da secretaria de Educação de São Luís

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, acaba de anunciar que a vice-prefeita Esmênia foi exonerada do cargo de Secretária Municipal de Educação.

No seu lugar, Braide anunciou o nome de Marco Moura, Mestre em Gestão Pública, que deixa a Escola de Governo e Gestão Municipal (EGGEM) para assumir a Secretaria Municipal de Educação (SEMED).

“Agradeço a Esmênia por toda a dedicação à frente da Semed. Agora, ela retorna à Vice-Prefeitura, onde me ajudará a cuidar ainda mais de São Luís. Obrigado, Esmênia. Vamos em frente por um cidade melhor”, disse o prefeito Eduardo Braide.

Prefeito Eduardo Braide lança aplicativo para facilitar acesso dos servidores municipais aos serviços do IPAM

O prefeito Eduardo Braide lançou, nesta segunda-feira (26), um aplicativo que vai facilitar o acesso dos servidores públicos municipais (da ativa e aposentados) aos serviços do Instituto de Previdência e Assistência do Município (IPAM). Disponível para download nas plataformas Android e IOS, o aplicativo MEU RPPS vai permitir agendar atendimentos, acompanhar processos, consultar contracheques, entre outras facilidades.

Durante o lançamento do aplicativo, o prefeito Eduardo Braide destacou a facilidade do acesso aos serviços pelos servidores. “Agora, o servidor público de São Luís tem disponível na palma de sua mão um aplicativo para fazer agendamento de atendimentos, consultar benefícios, processos, contracheques e uma série de outros serviços. Com isso, garantimos a continuidade da prestação desses serviços do IPAM de forma segura, já que o servidor acessa de sua casa, de forma mais fácil”, disse o prefeito Eduardo Braide.

Aplicativo

O MEU RPPS é um aplicativo desenvolvido em parceria com a Agenda Assessoria para aproximar ainda mais o servidor público municipal (efetivo e estável), aposentados e pensionistas do IPAM. O aplicativo está disponível nas plataformas IOS e Android e o download deve ser feito através da busca “MEU RPPS”. Após o download, o usuário deve selecionar o estado “Maranhão” e a cidade “São Luís”.

São Luís é a segunda capital do Nordeste e a quarta do Brasil a disponibilizar a ferramenta para seus servidores, com algumas especificações exclusivas como o controle do tempo de atendimento e de finalização de processos. Com isso, será possível criar um plano estratégico de ações para agilizar os prazos e desburocratizar os atendimentos.

As inovações fazem parte da modernização do IPAM, segundo a presidente do órgão, Nádia Quinzeiro. “Estamos seguindo a determinação do prefeito Eduardo Braide para facilitar o acesso e aproximar os servidores ao IPAM e modernizar os nossos serviços. Já está em planejamento a disponibilização de outros serviços por meio do aplicativo como prova de vida com reconhecimento facial , assinatura eletrônica de documentos entre outros que facilitem a vida do nosso servidor”, informou.

Serviços

Os serviços disponibilizados no aplicativo são personalizados de acordo com os dados de cada servidor. Para aposentados e pensionistas estão disponíveis os serviços de acompanhamento de processos, consulta ou emissão de contracheques, emissão de informe de rendimentos, agendamento de atendimento, visualização e alteração de dados pessoais.

Para os servidores da ativa, além de todos esses serviços, também é possível fazer a simulação de benefícios como aposentadoria, verificando a que regras ele se enquadra e em quanto tempo poderá solicitar a aposentadoria.

O aplicativo conta ainda com serviços como ‘Fale Conosco’, onde o servidor poderá sugerir melhorias, receber informativos como a data de pagamento dos salários, e tirar dúvidas na seção ‘Perguntas Frequentes’.

Eduardo Braide lança Programa Centro Acessível

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, lançou, neste sábado (17), o Programa Centro Acessível, que consiste na adaptação do Centro Histórico da capital às normas universais de acessibilidade. Entre os serviços que serão executados estão: a implantação de rotas acessíveis com a construção de rampas, travessias elevadas para pedestres, alargamento de passeios, implantação de mobiliário urbano (bancos, lixeiras, bicicletários), reforma/construção de banheiros públicos acessíveis, sinalização vertical e horizontal, melhoria da iluminação pública, paisagismo e a retirada de obstáculos.

A obra, que será executada pelos próximos meses, está orçada em R$ 1.367.634,78 e é fruto de uma parceria da Prefeitura de São Luís e do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID). Toda a intervenção na área de tombamento patrimonial histórico será coordenada pela Secretaria Municipal de Inovação, Sustentabilidade e Projetos Especiais (Semispe), com contribuições da Secretaria Municipal Extraordinária da Pessoa com Deficiência (Semeped) que, ainda na fase de estudos da obra, destacou os pontos importantes a serem considerados durante a ação.

“O nosso Centro que já é histórico, agora também vai ser humano. Estamos lançando hoje o Programa Centro Acessível, que tem investimento da ordem de mais de R $1,3 milhão e que vai fazer desse espaço, um espaço mais inclusivo e acessível. Contamos com a Semispe para a execução de toda a obra e com a contribuição fundamental da Semeped. Essa grande obra que o Centro vai receber a partir de agora recebeu sugestões de várias pessoas com deficiência que vivem, no dia a dia, as dificuldades pela falta de acessibilidade”, destacou o prefeito Eduardo Braide, durante lançamento do programa na Praia Grande.

De acordo com a secretária Verônica P. Pires, da Semispe, o programa vai contribuir, também, para a reurbanização do Centro Histórico. “As obras compreendem um perímetro que compreende a Travessa Boa Ventura, a Rua da Estrela e a Rua Portugal. Tudo que estiver contido neste perímetro vai passar por algum tipo de interferência para garantir acessibilidade. Dentro desse contexto iremos fazer 15 travessias elevadas, piso tátil, além de outros elementos que tragam mais conforto para quem tem mobilidade reduzida ou algum outro tipo de deficiência”, completou.

Nesta primeira fase do Programa Centro Acessível, os operários já estão trabalhando no limite do estacionamento da Praia Grande e, também, na Travessa Boa Ventura, de onde foi retirada a camada de asfalto existente, que será substituída por paralelepípedo. Além disso, no local também será realizado o alargamento das calçadas e o consequente estreitamento da rua, sem comprometer o tráfego de veículos na região.

O trabalho também já está acontecendo nas ruas da Estrela e Portugal e Ladeira do Comércio, localizada atrás do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, onde está sendo feita a troca do piso da calçada e a implantação do piso tátil, importante para a mobilidade das pessoas com deficiência visual ou baixa visão. Para a segurança completa do pedestre, todo esse serviço já em execução vai se somar às passagens elevadas que estão sendo construídas em todos os pontos, dentro do trecho viário.

“Por se tratar de uma obra que será realizada em uma área de tombamento federal e também reconhecida pela UNESCO como patrimônio mundial, nós iremos observar a lei de acessibilidade para a execução desse projeto em detrimento, também, da legislação sobre a preservação de cada traço deste patrimônio, de sua escala urbana e arquitetônica. Por isso é que trabalharemos para a harmonização do direito do cidadão com deficiência ou mobilidade reduzida, com o dever da preservação deste patrimônio”, frisou a presidente da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico (FUMPH), Kátia Bogéa, que também esteve presente durante o lançamento do programa.

Segundo o secretário da Pessoa com Deficiência, Carlivan Braga, trata-se de uma obra de inclusão. “Esse programa é importantíssimo porque é fato que temos uma ilha muito bonita, com um Centro Histórico muito rico para se visitar, se admirar, mas infelizmente ela ainda não é para todos. Então, o Centro Acessível vem para isso, para mudar essa realidade e vai causar um impacto muito grande para as pessoas com deficiência, pessoas com mobilidade reduzida e que vão, de fato, ter acesso a esses pontos lindos que temos no Centro”, concluiu.

Prefeitura decreta luto de três dias pela morte de Batista Matos

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, decretou luto de três dias no município, em respeito à memória do vereador Batista Matos, que morreu nesta quarta-feira, 31, vítima de complicações da covid-19.

“Batista era reconhecido por sua fé em Deus, extremamente dedicado à sua família e ao povo de São Luís. Como jornalista, tinha uma grande capacidade de diálogo e conciliação, sempre preocupado em ajudar ao próximo”, disse em nota.

“Nossa cidade perde uma referência na política e eu perdi um amigo. Neste momento de tamanha dor, me uno à Liana, sua esposa; seus filhos, Samuel e Daniel; demais familiares e admiradores do seu trabalho. Peço a Deus que conforte o coração de todos”, finalizou Braide.

São Luís vai entrar no consórcio de prefeituras para comprar vacinas

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou nesta quarta-feira, 10, que a capital vai entrar no consórcio de prefeituras para comprar vacinas diretamente do fabricante.

Braide afirmou que já encaminhou o projeto de Lei à Câmara de Vereadores, que deve analisar e aprovar. Segundo ele, a lei vai permitir que a Prefeitura de São Luís possa comprar diretamente as vacinas.

“Com isso, vamos conseguir agilizar e vacinar o maior número de pessoas em nossa cidade. Estamos juntos na luta contra a Covid”, disse em vídeo nas redes sociais.

Braide decreta suspensão de atividades presencias da Prefeitura de São Luís por 10 dias

Seguindo os exemplos da Assembleia Legislativa e da Câmara de Vereadores, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, decretou, nesta quinta-feira (4), a suspenção das atividades presenciais na Prefeitura por 10 dias.

Segundo o decreto n° 56.887/2021, as atividades municipais presenciais estarão suspensas de 5 de março (sexta-feira) até 14 de março (domingo).

“Temos trabalhado fortemente no combate à pandemia. Ampliamos os leitos, melhoramos os serviços, estamos priorizando a vacinação. Mas diante do cenário que tem se apresentado, essa medida se faz ainda de maior urgência para que possamos preservar a vida das pessoas”, disse o prefeito.

Estão mantidos os serviços essenciais. As atividades das secretarias funcionarão em horário reduzido, das 09h às 16h.

Os serviços de combate à propagação da Covid-19, tramitarão em regime prioritário.

Acesse aqui a íntegra do Decreto 56.887/2021, da Prefeitura de São Luís.

Eduardo Braide entrega mais 30 leitos exclusivos para Covid-19 em São Luís

Mais de 30 leitos exclusivos foram entregues nesta quinta-feira, 4, pelo prefeito de São Luís, Eduardo Braide para o combate à Covid-19 na capital.

Os novos leitos, sendo 14 com suporte avançado, foram disponibilizados na Unidade Mista do Bequimão. O espaço para o atendimento a pacientes com coronavírus é separado.

Eduardo ressalta que os novos leitos vão contribuir para desafogar a rede de saúde na capital. “Encerrando a primeira etapa do nosso plano vamos entregar nos próximos dias mais 10 leitos de UTI no Hospital Universitário e o ambulatório de atendimento pós-Covid que também vai funcionar aqui na Unidade Mista do Bequimão”, destacou.

A rede municipal de saúde chega a 110 leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com coronavírus. O Plano Municipal de Enfrentamento às Síndromes Respiratórias prevê a abertura de 120 leitos na capital.

Márcio Jerry detona Eduardo Braide: “ele age com má-fé”

Em entrevista à Rádio Timbira na tarde desta terça-feira (04), o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, detonou o oportunismo de alguns deputados de oposição em relação ao pacote anticrise enviado pelo Governo à Assembleia Legislativa. Ele foi duro com relação ao deputado Eduardo Braide.

Márcio explicou que o governo prevê conceder uma série de benefícios aos que mais precisam como forma de praticar a justiça tributária. Jerry condenou o uso político de alguns pontos da medida, como o pequeno reajuste nas alíquotas da gasolina, e esquece outros como a redução do ICMS para pequenas empresas.

“Eu acho espantoso que um deputado estadual como esse Eduardo Braide, que se acha o homem mais correto da humanidade, não tenha coragem de dizer claramente que ele é contra redução de tributos para as pequenas e microempresas do Maranhão”, disparou.

Márcio Jerry classificou a atuação da oposição como joguinho político oportunista. “O povo não gosta de quem faz essas pirotecnias da politicalha, de quem faz uma coisa e na hora é outra. Fica se apegando a um discurso falso e hipócrita que esconde o contexto da situação”, completou.

Para o secretário, o conjunto de ações que protege os que mais precisam incomoda aqueles que torcem pelo “quanto pior, melhor”. “São pessoas que não pensam no povo. São pessoas escondem as ideias, o pensamento, mais torpe do mundo, mais mesquinho, que é de ver o circo pegar fogo e eles se darem bem”, disse referindo-se aos deputados de oposição.

“É preciso fazer o debate com tranquilidade, mas, sobretudo, com verdade. Tirando do debate a demagogia, o oportunismo político, essa política baixa, que se sustenta na mentira, no fake news, e que desvirtua ações positivas que o governo faz desde 2015”, enfatizou.

Eduardo Braide sabe que é cedo para “Bolsominar”

O deputado federal mais votado de São Luís, Eduardo Braide (PMN), único certo na disputa pela prefeitura de São Luís e com a vantagem do recall eleitoral, sabe que não pode tomar decisões precipitadas para tentar levar a prefeitura em 2020. Em 2016, terminou o primeiro turno com ampla vantagem, mas acabou derrotado.

Braide teve o convite do presidente do PSL, Chico Carvalho, para se filiar ao partido de Jair Bolsonaro e disputar a prefeitura de São Luís como o candidato do presidente. Braide preferiu esperar.

Na eleição deste ano, esperou até a última hora para anunciar que seria candidato a deputado federal. A estratégia deu certo. Braide teve o nome colocado em evidência como pré-candidato a governador, segurou a lembrança em São Luís e com muito material na cidade, teve a expressiva votação.

Como o PMN não atingiu a meta da cláusula de barreira, Braide pode mudar de partido a qualquer momento sem incidir na infidelidade partidária. Assim, pode aguardar mais o desenrolar do governo Bolsonaro para verificar se a onda conservadora se mantém e o presidente ainda estará com alta popularidade em 2020.

Vale lembrar que em São Luís a vitória foi de Fernando Haddad com 57,78% contra 42,22 do deputado federal. Apesar da onda bolsonarista forte na capital, não foi o suficiente para o pré-candidato arriscar.

Como jogador, Braide vai aguardar os ventos de 2019 mirando 2020.

Eduardo Braide já não esconde seu sarneyzismo

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) não teve cerimônia para ter um longo bate papo e ainda posar para foto com o presidente municipal do PHS, Márcio Andrade, e o ex-vereador de São Luís, Paulo Roberto Pinto, o Carioca. Foto que o Blog teve acesso com exclusividade.

Carioca deve deixar o PHS para concorrer ao cargo de deputado estadual pelo PRTB. Mas deixa claro que sua filiação passa pelo apoio ao seu grupo político. Isto fez com que ele não fechasse com o PTB, como estava encaminhado.

Carioca é leal ao seu maior mentor político: o empresário Fernando Sarney. O ex-vereador chegou a declarar na Câmara Municipal que morre pela família Sarney (relembre aqui).

O fato de Eduardo Braide estar dialogando com o grupo é legítimo. Mas o deputado não poderá fazer como em 2016 e se apresentar este ano como outsider, que está fora de alianças com o Clã mais tradicional da política brasileira.