Polícia Federal apreende drogas que seriam enviadas pelo Correio no MA

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita Federal e a Polícia Civil do Maranhão, deflagrou, nesta segunda-feira (22), a Operação “Tracking”, com o objetivo de reprimir e prevenir o tráfico interestadual de drogas por via postal.

A fiscalização de rotina envolve o uso de cães detectores de drogas e moderno sistema de raio x. Uma vez apreendido os objetos ilícitos, a investigação buscará identificar quem teria remetido e quem seria o destinatário da droga, responsabilizando com isso os envolvidos na prática delituosa.

Durante o ano de 2021, a Polícia Federal interceptou e apreendeu diversos objetos postais que continham em seu interior substâncias ilícitas tais como “lança perfume”, LSD, ecstasy e outras drogas sintéticas.

Ações como essa visam inibir que traficantes utilizem o serviço postal como meio logístico para atividades criminosas.

O nome da operação é um termo em inglês que traduzido para o português significa “monitorando”, fazendo assim uma alusão às atividades desenvolvidas pela Polícia Federal.

Fernando Pessoa se afasta e vice assume prefeitura de Tuntum

A Câmara de Vereadores de Tuntum aprovou, nesta sexta-feira (19), um requerimento onde o prefeito Fernando Pessoa solicitou uma licença para se afastar do município entre os dias 25 de novembro a 15 de dezembro de 2021.

Quem assume é o vice-prefeito Nelson do Nanxi, conforme os preceitos legais.

Segundo o requerimento, o jovem gestor irá se ausentar por motivos pessoais. Nelson do Nanxi deverá dar continuidade a excelente gestão.

“Me orgulho muito do prefeito Fernando Pessoa e durante estes 20 dias ire mostrar a todos porque nós dois formamos uma aliança perfeita”, disse Nelson.

Todas as refeições dos restaurantes populares passam a custar R$ 1

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser, anunciou que a partir da próxima segunda-feira, 22, os 60 restaurantes populares irão oferecer almoço e jantar a 1 real. 

“O que era bom, ficou ainda melhor! Agora todas as refeições oferecidas nos 60 Restaurantes Populares custarão 1 real a partir de segunda, almoço e jantar. Mais uma ação para garantir comida na mesa dos maranhenses”, disse o secretário Márcio Honaiser.

Os Restaurantes Populares são coordenados pela Sedes, por meio da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan). Devido às normas restritivas e os protocolos de segurança, as refeições estão sendo oferecidas em embalagens descartáveis.

Além disso, os cuidados se estendem na utilização de protetores salivares, pontos de higienização das mãos com água e sabão, distanciamento entre as pessoas, EPIs completos (Equipamentos de Proteção Individual) para todos os funcionários, além de totens com álcool em gel.

Othelino Neto busca melhorias para Monção em reunião na Sinfra

Nesta quarta-feira (17), o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), reuniu-se com o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, para tratar de demandas do município de Monção. Acompanhado da liderança política Jesiel Araújo, o parlamentar aproveitou a oportunidade para agradecer a obra de recuperação da MA-342, que liga a cidade a Igarapé do Meio.

Othelino Neto afirmou que a recuperação da rodovia foi um compromisso firmado no seu mandato e que, agora, está sendo concretizado.

“Solicitamos a realização dessa obra tão importante para a população monçonense, que só tem esse caminho para chegar e sair da cidade. Agradecemos ao governador Flávio Dino por esse grande investimento”, disse o parlamentar.

O secretário Clayton Noleto destacou que a recuperação dessa estrada garantirá mais mobilidade e desenvolvimento ao município.

“A rodovia está sendo totalmente restaurada. Com certeza, facilitará o tráfego na região e ajudará muito a população a ter mais qualidade de vida e progresso. Vamos continuar empenhados e determinados a fazer muito mais ainda pelos municípios maranhenses”, ressaltou o titular da Sinfra.

Clayton Noleto irá construir estrada que liga Paulo Ramos a Marajá do Sena

O secretário Clayton Noleto recebeu nesta terça-feira, 16, uma comitiva da cidade de Marajá do Sena liderada pelo prefeito Lindomar Araújo para falar sobre os investimentos que o Governo Estadual fará na cidade, como a construção da rodovia que liga Paulo Ramos e Marajá do Sena.

Clayton, que será responsável pela obra, falou da satisfação de receber a comitiva e atuar frente a essa obra. “Hoje estivemos em reunião com o Governador Flávio Divo e tratamos deste assunto importantíssimo que é o acesso a cidade de Marajá do Sena. E nós apresentamos o relatório técnico para todas as lideranças aqui presentes e nos próximos dias vamos iniciar a realização deste sonho. Nosso compromisso é sempre esse de trabalhar com muita dedicação, para que estes resultados sejam alcançados”, destacou o secretário.

A proposta principal é construir a rodovia que liga a cidade de Marajá do Sena e Paulo Ramos. O trecho da MA-008 e MA-323 que tem aproximadamente 45 quilômetros será totalmente pavimentado e sinalizado.

O prefeito Lindomar Araújo, agradeceu o investimento do estado na cidade. “Nós viemos a São Luís visitar o Governador e reivindicar benefícios para nossa cidade. Na reunião recebemos uma notícia muito boa, que é a estrada que liga nossa cidade a Paulo Ramos. A gente agradece ao secretário Clayton Noleto e aos engenheiros, e também ao vice-governador e governador”, disse alegre o prefeito.

Weverton e Penha participam de aulão do Enem promovido pela Fundação Leonel Brizola

O senador Weverton e o vereador Raimundo Penha, presidentes estadual e municipal do PDT, respectivamente, participaram da Revisão do Enem 2021 promovido, em São Luís, pela Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini do Maranhão.

As aulas foram ministradas pelos professores de Brasília-DF, Reginaldo Veras, Acácio Ferreira e Guga, além de professores parceiros locais.

A iniciativa executada pelo braço pedetista beneficiou este ano 181 pessoas, residentes no São Francisco, Alemanha e Vila Embratel, que tiveram a oportunidade de participar gratuitamente do curso preparatório.

As atividades iniciaram em agosto e acontecem nas próprias comunidades.

O preparatório para o Enem é um projeto nacional da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini. Na capital maranhense, está funcionando desde 2017, já tendo beneficiado mais de mil pessoas.

“Nestes tempos de pandemia, a educação foi fortemente atingida e essas ações são muito relevantes para que nossos estudantes possam continuar buscando sua oportunidade de ingressar em uma faculdade. Nosso partido, ao promover este tipo de iniciativa, reafirma seu compromisso com a educação e com a formação dos jovens”, avaliou Penha.

A vice-presidente da FLB-AP, Jacimara Maciel, o líder comunitário, André Leal e a Coordenadora Municipal da Mulher, Luzimar Lopes, também estiveram presentes.

Confira o decreto que desobriga o uso de máscara em locais abertos

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB) assinou o decreto que desobriga o uso de máscaras de proteção em locais abertos. Segundo Dino, “valerá a vontade de cada pessoa”.

Segundo o decreto, em locais fechados, fica desobrigado o uso de máscara para municípios com mais de 70% da população vacinada.

Assim, em São Luís também fica desobrigado o uso em locais fechados.

Confira o decreto:

Bairros de São Luís vão ficar sem água nesta quinta

O abastecimento de água por meio do Sistema Italuís vai ser interrompido nesta quinta-feira (11) para a manutenção na parte elétrica do sistema de capacitação em São Luís. Os serviços terão início a partir das 8h e tem previsão para conclusão às 18h da quinta.

Segundo a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), o fornecimento de água será reestabelecido de forma gradual a partir da conclusão dos trabalhos. Enquanto isso, a abastecimento alternativo por carros pipa priorizará as regiões afetadas.

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão não informou a estimativa de quantas pessoas ou famílias vão ser atingidas com a interrupção do abastecimento de água na capital maranhense.

De acordo com a Caema, os bairros atingidos com este desabastecimento são:
ZONA 02 (parcialmente afetada)

Monte Castelo (parte), Apeadouro, Irmãos Coragem, Bairro de Fátima, Bom Milagre, Parque Alemanha, Caratatiua, Vila Ivar Saldanha, Alto da Vitória, João Paulo, Jordoa, Vila Palmeira, Barreto, Túnel do Sacavém, Santa Cruz, Vera Cruz, Cutim, Radional, Coroado, Coroadinho, Vila Conceição, Bom Jesus, Vila dos Frades, Parque Timbira, Alto do Parque Timbira, Parque Pindorama, Parque dos Nobres, Conjunto São Sebastião, Bairro Primavera, Sítio do Pica-pau-amarelo, Redenção, Barés, Filipinho, Sítio Leal, Sacavém, Coheb do Sacavém, Salina do Sacavém e Santo Antônio.

ZONA 5A

São Francisco, Ilhinha, Morrinho, Jaracati, Ponta d’Areia, Ponta do Farol, São Marcos, Calhau, Renascença I e II, Residencial Novo Tempo II, La Ravardière, Alto do Calhau, Recanto dos Nobres, Cohafuma e Avenida Litorânea.

ZONA 6A

Vila Bacanga, UFMA, Sá Viana, Bairro Jambeiro, Vila Dom Luís, Vila Isabel, Vila Embratel, Vila São Benedito, Vila Resende e Vila Primavera.

Weverton protocola projeto para anular leilão que pode deixar energia mais cara para o consumidor

Nesta segunda-feira (8), o senador Weverton (PDT-MA) protocolou um projeto de decreto legislativo para sustar o leilão de energia de reserva de capacidade, realizado em outubro pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). O certame resultou no acréscimo de 1,2 GW de potência ao SIN (Sistema Interligado Nacional), de 2022 a 2025. O custo da contratação será de quase R$ 40 bilhões.

Na justificativa da proposta, Weverton afirmou que “não faz nenhum sentido, lógico ou econômico, portanto, que o consumidor final, na ponta, pague além de que 3 (três) vezes mais caro pela mesma energia consumida”. O senador se refere ao valor médio do custo da energia desse leilão emergencial em relação aos anteriores, por exemplo.

“É nesse contexto, de exorbitância da tomada de disponibilidade, que se revela fundamental notar, ainda, o indicativo de manifesto sobre preço no valor da energia contratada no referido leilão emergencial, por R$ 1.563,61/MWh. A título de amostragem, a energia contratada para fornecimento a partir de 1º de janeiro de 2023 pela Usina Termelétrica (UTE) Vale Azul II (a gás natural), em Macaé/RJ, foi de R$ 420,90/MWh”, disse o senador.

A homologação do leilão, que seria feita em reunião extraordinária na 6ª feira (5.nov) pela diretoria da Aneel, chegou a ser suspensa após uma decisão judicial. A agência recorreu e obteve liminar favorável na segunda instância da Justiça Federal. Com essa decisão, a diretoria se reuniu no sábado (6.nov) e homologou o resultado do certame.

O leilão emergencial foi determinado, em setembro, pela CREG (Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética), grupo interministerial criado para gerir a crise da escassez hídrica e que deixou de existir nesta 2ª feira (8.nov). A câmara era presidida pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Bento afirmou ao Poder360 que as chuvas que têm ocorrido no país desde outubro não são suficientes para afastar totalmente o risco de uma insuficiência de energia gerada pelas hidrelétricas a partir do próximo período seco, quando a energia contratada no certame de outubro poderá ser despachada para atender ao sistema elétrico. Por isso, o ministro diz que o leilão é necessário.

“Portanto, caso não tivéssemos realizado a contratação pelo leilão simplificado, o custo para o consumidor poderá ser maior caso as condições meteorológicas não sejam boas em 2022. Por outro lado, caso as condições meteorológicas sejam mais favoráveis, o custo para o consumidor poderá ser atenuado com o desligamento de outras usinas termelétricas e redução de importação”, disse Bento.

Simplício Araújo diz que plano diretor desatualizado dificulta 5G em municípios

O secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e presidente do Solidariedade-MA, Simplício Araújo, analisou o leilão do 5G, realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que prevê a implantação do 5G em território brasileiro.

Sobre o Maranhão, o secretário destacou que teme que as administrações municipais prejudiquem a implantação do 5G no Estado.

Para Simplício Araújo, que ressaltou a nota oficial da Anatel sobre o 5G, pontuou que ainda existem muitas áreas desprovidas de cobertura, como a maioria dos distritos municipais não sedes, como vilarejos e povoados, além de zonas periféricas em vários municípios.

“A Anatel tem enfrentado dificuldade em obter licenças municipais para a instalação
de torres e sítios de antenas de telecomunicações. Esta tem sido uma grande preocupação nossa: que questões burocráticas das gestões municipais impeçam que a população maranhense tenha acesso à conectividade digital”, analisou Simplício Araújo.

A nota da Anatel ressalta, ainda, que os entraves prejudicam a expansão da cobertura das redes e a qualidade dos serviços e sugere uma “reavaliação das legislações municipais que regulamentam a instalação de infraestruturas de telecomunicações em suas respectivas cidades, bem como dos procedimentos administrativos necessários para tal”.

Simplício alerta para que a falta de compromisso das legislações municipais não afetem o compromisso com o avanço digital em território maranhense.

“Passos como a atualização do Plano Diretor têm sido ignorados pelas prefeituras. E esse é um papo essencial para que São Luís e todo o Maranhão possa crescer e se tornar cada vez mais relevante digitalmente”, finalizou o secretário.