Política maranhense em notas

Sérgio Macedo age em Imperatriz

sergiomacedoO ex-secretário estadual de Comunicação, Sérgio Macedo, o “mago da maldade”, está trabalhando na pré-campanha e estará na campanha do pré-candidato a prefeito de Imperatriz, Assis Ramos. Macedo já traçou a estratégia para enfraquecer adversários e alavancar o delegado. Seu primeiro alvo tem sido o deputado estadual Marco Aurélio, que é pré-candidato e tem muito prestígio na cidade. As maldades já estão em curso e o comunista tem sido atacado na cidade.

PSB saindo da gestão Edivaldo

domingospazO PSB está a um passo de deixar a gestão do prefeito Edivaldo. O partido está determinado a ter candidatura própria. Ou será Bira do Pindaré ou será pela filiação de Eliziane Gama. O secretário adjunto de Agricultura, pesca e abastecimento, Domingos Paz, entregou o cargo neste domingo (13). O ex-deputado estadual apoia a candidatura de Bira. Já o secretário da Semapa, Aldo Rogério, é aliado de Roberto Rocha. Existe a expectativa de que o PSB deixe de vez a prefeitura nos próximos dias com a definição do fim da janela. Mas se Roberto assumir o rompimento, significa a retirada não só dos cargos de primeiro e segundo escalão, mas dos 136 cargos do senador na gestão Edivaldo.

Bom senso do PSDB maranhense

protestocoxinhasO PSDB do Maranhão agiu com bom senso ao não participar – pelo menos não diretamente – das manifestações contra o governo Dilma no Maranhão. A prova de que o partido agiu corretamente foi a recusa dos manifestantes às presenças de Aécio Neves e Geraldo Alckmin em São Paulo. Em São Luís, foi péssima a repercussão da presença de João Castelo. Em uma manifestação que tem a pretensão de ser vendida como “voz das ruas” e um “levante popular”, a presença de qualquer político tem que ser vista mesmo como oportunismo. Porque é!

Eri Castro desesperado

O “petista” Eri Castro tem o improvável desejo de ver o PT com Eliziane Gama, mesmo sendo ela uma ferrenha adversária do governo Dilma. Com a possibilidade de retorno de Bira do Pindaré ao PT, Eri anda espalhando que petistas graúdos não apoiam o retorno do deputado estadual. Honorato Fernandes, Márcio Jardim, Chico Gonçalves e Marlon Botão são citados por não querem a volta de Bira. Na realidade, todos são aliados de primeira hora de Bira. Somente Botão, que faz parte da gestão Edivaldo, teria alguma resistência.

Sem prestígio

fabioselfieO vereador Fábio Câmara não está com a moral toda que alardeou dentro da direção nacional do PMDB. Fábio não foi chamado ao palco na convenção nacional do partido, mas foi levado pelo deputado Alberto Filho para o palco. Porém, a organização deixou claro que só poderiam permanecer ali deputados estaduais, federais, senadores e governadores. E Câmara teve que descer. Nenhum pré-candidato a prefeito de capital foi mencionado, até porque o partido ainda tem disputas ferrenhas em várias cidades.

Volta com os inimigos

Na volta pra casa, Fábio Câmara pegou o mesmo voo em que estavam os membros da Juventude do PMDB – os mesmos que o vereador “despejou” da sede do partido. Eram cerca de 30 pessoas da militância do partido. O vereador ficou “encolhidinho” com medo de ser hostilizado.

Por consenso com Castelo, Gardeninha é indicada para vice de Eliziane Gama

PSDB oferece Gardênia como vice; Eliziane quer Pinto Itamaraty

PSDB oferece Gardênia como vice; Eliziane quer Pinto Itamaraty

No bojo das negociações para filiação de Eliziane Gama no PSB, está a aliança com o PSDB e a indicação do vice na chapa da deputada federal, pré-candidata a prefeitura de São Luís. Para ter o apoio do pré-candidato João Castelo, o ex-prefeito tem uma condição: a filha e ex-deputada estadual, Gardênia Castelo, deverá ser a vice na chapa de Eliziane.

A deputada (ainda da Rede Sustentabilidade) resiste ao nome de Gardeninha. Ela quer o PSDB na chapa para bater o martelo da filiação no PSB, mas para a deputada, o nome ideal para vice é do suplente de Senador, Pinto Itamaraty.

Com a chapa Eliziane-Itamaraty, a deputada espera ganhar o forte eleitorado regueiro e diminuir a antipatia dos que a veem como evangélica mais fechada com os dogmas da igreja do que o atual prefeito. Se Edivaldo já sofre com alguma resistência dos movimentos da cultura popular, Eliziane sofreria muito mais. Pinto Itamaraty aliviaria a chapa junto a esse eleitorado.

Além disso, a pré-candidata quer evitar o “peso” de Gardeninha, apontada por muitos como responsável pelo fracasso da gestão do pai à frente da prefeitura. A própria Eliziane teve vários embates na Assembleia Legislativa com Gardênia sobre a administração municipal. Mas a chapa com Gardênia é exigência de Castelo por acordo. E as articulações continuam.

Neto Evangelista sobre troca de partido: “Boa política não se faz com jeitinho”

netoO secretário estadual de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, alfinetou quem corre para mudar de partido durante a janela eleitoral. Pré-candidato a prefeito de São Luís, o recado parece mais direcionado à deputada Eliziane Gama, que deixou o PPS para aderir à “nova política” da Rede Sustentabilidade e agora está de “mala e cuia” para o PSB.

“Sobre a janela partidária, já começa errado desde o nome, janela parece jeitinho. E boa política não se faz com jeitinho. Nada contra mudar de partido, mas partido não é roupa”, escreveu o secretário afirmando ser tucano por convicção.

O recado de Neto mostra também que ele vai tentar se viabilizar candidato dentro do PSDB. O partido também tem João Castelo como pré-candidato.

Neste período, o movimento de trocas partidárias é intenso. A janela fecha na próxima semana.

Política maranhense em notas

PSDB convidou Eliziane para se filiar

brandaoelizianeO presidente estadual do PSDB, vice-governador Carlos Brandão, confirmou que o PSDB ofereceu legenda à deputada federal Eliziane Gama e as portas continuam abertas. Apesar de não dar plena garantia de candidatura à deputada, Brandão afirmou que seria lógico que na discussão interna, a candidatura acabaria sendo dela pelo percentual nas pesquisas de intenção de voto.

Tucanos terão candidato

casteloBrandão também garantiu que com ou sem Eliziane, a diretriz nacional do PSDB é para que o partido tenha candidatura própria em São Luís e o tucanato não abrirá mão. O vice-governador afirmou que o favorito para ser candidato é João Castelo e que não existe nenhum veto ao deputado federal. Mas continua pregando diálogo já que Neto Evangelista e Sérgio Frota se mantêm como pré-candidatos.

PSB também quer candidatura própria

biraO deputado federal Zé Reinaldo afirmou que o PSB também tem uma determinação muito contundente da direção nacional para ter candidatura própria. A prioridade é pela candidatura do Senador Roberto Rocha e, em seguida, por Bira do Pindaré. Como Roberto dificilmente será candidato, e os caciques já percebem isso, Bira se articula fortemente junto à direção nacional. O secretário de Ciência e Tecnologia já tem legenda que lhe garante a candidatura caso o PSB não permita. O Solidariedade está louco para que Bira seja candidato pelo partido.

R$ 1,35 bi para o Porto do Itaqui‏

flavioitaquiE o governo apresentou nesta sexta-feira (29) os resultados do Porto do Itaqui. Mesmo com todo o potencial, os governos sarneystas deixavam um dos maiores Portos do mundo em um marasmo sem retorno para o estado. Somente em 2015, a movimentação de cargas, que ultrapassou os 21 milhões de toneladas, número 21% maior do que a marca de 2014. Os investimentos da Emap para o biênio 2016/2017, que entre recursos públicos e privados, chegarão a R$ 1,35 bilhão. Destes investimentos, R$ 254,5 milhões são de recursos próprios, gerados pela empresa.

Fim da assessoria de Comunicação de Flávio

alinelouiseOficialmente hoje (29) deixou de existir a Assessoria de Comunicação do governador na estrutura do governo Flávio. A jornalista Aline Louise deixou o cargo para dar continuidade aos seus projetos de estudos no Sul do país. As atividades relacionadas à Assessoria passam a ser da secretaria de Comunicação, que logo será secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos. Ainda jovem, Louise já se destacou trabalhando nas vitoriosas campanhas do prefeito Edivaldo e do próprio governador. Além de ter sido o elo entre Flávio e a imprensa – sem distinção de veículos – no primeiro ano de governo.

Reajuste salarial dos professores em discussão

Governo e Sindicato discutem reajuste salarial dos professoresO Governo do Estado e o Sinproesemma vêm dialogando permanentemente para dar seguimento às ações com o foco na política de valorização dos educadores. Como resultado dessas primeiras reuniões de trabalho foram constituídas comissões temáticas para discutir e encaminhar cada um dos 25 itens apresentados pelo sindicato ao governo referentes à pauta da campanha salarial 2016. A secretária Áurea Prazeres lembrou das ações do governo Flávio de valorização da categoria. Aplicou o percentual de 13,01% de reajuste salarial do piso nacional a todas as referências funcionais do magistério, beneficiando quase trinta mil professores; a efetivação da progressão funcional de cerca de 12 mil professores e o reajuste de 15% no salário dos professores contratados e o concurso com 1500 vagas

Carlos Brandão assume o governo do Estado

Foto3_KarlosGeromy - Vice-governador assume interinamente

O PSDB está no governo do Maranhão. O vice-governador, Carlos Brandão, assumiu o cargo com o afastamento de Flávio Dino, que irá tirar férias até o dia 18 de janeiro.

Flávio afirmou que para além das férias, estava fazendo um reconhecimento ao vice. “Esse ato também é uma forma de reconhecer a trajetória política de Carlos Brandão e ao importante papel que ele tem exercido na nossa gestão”, afirmou.

Carlos Brandão afirmou que dará prosseguimento a todos os projetos liderados por Flávio Dino e continuará cumprindo, com coerência e firmeza, o plano de Governo para os próximos anos no Maranhão.

Política maranhense em notas

Há um ano o Maranhão se livrou

roseana10 de dezembro de 2014. Como este Blog descreveu à época, uma data histórica para os maranhenses. Finalmente, o Clã Sarney deixava o poder com a renúncia de Roseana Sarney ao governo. Embora Arnaldo Melo assumisse o mandato tampão, era simbólica a saída de Rosana do Palácio ao lado de José Sarney, do marido, Jorge Murad e dos netos. O momento marcava o final de um reinado que trouxe tantas mazelas ao povo do Maranhão. E pelo governo que Flávio Dino vem fazendo, demonstra como é possível tirar o Estado dessa situação com vontade política e sensibilidade para os que mais precisam (relembre a renúncia de Roseana e o fim da Era Sarney).

Padilha esnobou jantar na casa de Roseana

eliseupadilhaAlguns Blogs publicaram que o ex-ministro Eliseu Padilha foi recebido na casa de Roseana Sarney para um jantar após o evento promovido na Assembleia Legislativa na tarde-noite desta quarta-feira (9). Na realidade, Roseana ainda tentou levar Padilha pra jantar mansão de Sarney e ele recusou. Disse que o presidente do partido era João Alberto e não fazia sentido ir para a casa de Sarney. Resultado: o jantar foi na casa de João Alberto e Roseana teve que ir lá para participar.

Juventude em defesa da democracia

atojuventudeNovamente a juventude maranhense irá às ruas lutar por democracia. Nesta sexta-feira (11), haverá ato contra o presidente da Câmara dos deputados, Eduardo Cunha, e em defesa da democracia. O movimento é a união de várias entidades estudantis e de juventude de universidades, grêmios, associações e partidárias. A concentração será a partir das 14h na Praça Deodoro e haverá Aulão Público sobre democracia e reforma política na Praça nauro Machado.

Nada muda entre PCdoB e PSDB

marciojerryEm entrevista à TV Guará, o presidente estadual do PCdoB e secretário estadual de Articulação Política, Márcio Jerry, afirmou que a conjuntura nacional em nada altera a unidade entre PCdoB e PSDB no estado. “Nós temos uma união, à época que celebramos, batizada como União pelo Maranhão e assim continuamos. Ainda ampliamos e hoje temos o PT, o PMN, o PEN e outros que não estavam na campanha  e agora estão integrados. A divergência nacional em nada altera a composição para aplicar o programa de mudanças escolhido pelo povo”.

Urna eletrônica garantida

urna-eletronicaO governo federal recuou sobre o corte no orçamento do Judiciário,. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, serão liberados R$ 267 milhões que, inicialmente, seriam contingenciados. Com isso, a Corte eleitoral afirmou que será viabilizada a realização das eleições de 2016 com voto eletrônico. Com o bloqueio previsto anteriormente pelo governo, a Justiça Eleitoral deixaria de receber mais de R$ 428 milhões, o que, segundo o TSE, impediria a compra e a manutenção de urnas eletrônicas necessárias para viabilizar o pleito municipal.

Processo de improbidade mais rápidos

rubensjrO deputado federal Rubens Jr. (PCdoB-MA), apresentou o Projeto de Lei 3897/2015 que busca agilizar a tramitação de ações sobre improbidade administrativa. O projeto visa alterar o artigo 17 da Lei 8.429, que trata sobre as sanções aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato ou cargo. Para Rubens Jr. o projeto é importante porque tende a acelerar a tramitação dos processos: “A busca por implementar melhorias no rito procedimental, relacionado às ações de improbidade administrativa é o objetivo inicial deste projeto, a fim de superar uma das principais causas responsáveis pela notória morosidade na tramitação dessas ações”, destacou.

Feirão Imobiliário do Servidor

feiraoÉ neste sábado (12) e domingo (13). O I Feirão Imobiliário do Servidor Público, no Multicenter Sebrae, terá casas e apartamentos, na planta, em construção e pronto para morar; todos os imóveis com vantagens especiais para este público. Podem participar funcionários públicos estaduais e municipais de São Luís e Ribamar, ativos, inativos, aposentados e pensionistas com renda de até seis salários mínimos. Integram o feirão mais de 41 construtoras e as principais instituições financeiras – Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Bradesco.

Política maranhense em notas

Rosângela deve continuar em Brasília

rosangelacuradoA suplente de deputada federal no exercício, Rosângela Curado (PDT-MA) deverá deixar o cargo em 7 de janeiro quando o titular Weverton Rocha reassume. Há uma articulação em andamento para que Rosângela assuma o cargo de Chefe de Gabinete da bancada do PDT na Câmara. A suplente continuará tendo trânsito em Brasília e poderá tratar de sua pré-campanha à prefeitura de Imperatriz.

Madeira quer que aliados se mexam

sebastiaomadeiraO prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) deu um ultimato para que seus dois pré-candidatos à prefeitura se mexam para que algum consiga chegar a 20% das intenções de votos para ser lançado pré-candidato do grupo. O vereador Esmeradson de Pinho e o secretário de Regularização Fundiária Daniel Sousa (ambos do PSDB) são os os escolhidos de Madeira. Ele os intimou que caso nenhum se viabilize, irá compor com o candidato do governo, que pode ser do PCdoB ou a própria Rosângela Curado.

Forte razão contra o impeachment

chiquinhoescorcioUm amigo jornalista, que era fervoroso defensor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, foi convencido do contrário no último final de semana por um simples argumento: “gente como Chiquinho Escórcio chegará ao poder”. Foi o suficiente para ele refletir mais sobre seu posicionamento. O ex-deputado e principal artífice da cassação do ex-governador Jackson Lago é assessor especial do vice-presidente Michel Temer e um dos mais fiéis ao ex-senador José Sarney.

Tucanos também deveriam ser contra

aecioA linha de raciocínio do PSDB pensando em seu projeto deveria passar longe do impeachment da presidente Dilma. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) é favoritíssimo à eleição presidencial de 2018. O impeachment agora coloca o PMDB e raposas como Michel Temer, Eduardo Cunha e José Sarney no controle do país. Com o poder nas mãos, não seria difícil para o PMDB a vitória em 2018 e o adiamento do sonho tucano. Para o PSDB, o mais interessante é a manutenção do desgaste de Dilma e do PT – que já está em nível quase irreversível. O caminho para o PSDB em 2018 será muito melhor com Dilma no cargo e desgastada do que com o PMDB.

Justificativa pífia de Rêgo

manoelregoÉ duro quando você toma uma posição e não tem coragem para assumir ou capacidade para debater com a realidade. Após as duras críticas pelos votos contra o ar condicionado nos ônibus, o vereador Manoel Rego (PTdoB) inventou que seu voto contra foi porque a emenda do vereador Honorato Fernandes (PT) previa apenas 50% dos ônibus com ar condicionado e não 100%. Caso a emenda fosse de 100%, ele votaria a favor.Teve que ler mais uma série de críticas. “Melhor metade do que nenhum”!

Os pingos nos “is”

onibusO fato, que alguns vereadores como Roberto Júnior e Pedro Lucas tiveram coragem de debater, é que o ar condicionado aumentaria os custo e não se pode ser inocente nessas horas: os empresários iriam repassar este custo para os usuários. Teríamos mais uma greve de rodoviários incentivada pelos empresários, caos e aumento da tarifa no final das contas. Seria o terceiro aumento de tarifa para os usuários em menos de três anos. É preciso analisar o impacto e que se comece a construir alternativas. O mais importante neste momento de crise é saber: o usuário quer pagar um pouco mais por ar condicionado nos ônibus? Isso é que deve ser discutido para que se chegue a um consenso. O resto é demagogia.

Ciro Gomes não conta com apoio do PT e quer ser terceira via em 2018

cirogomesNo Maranhão, o ex-ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes, atual presidente da Companhia Siderúrgica Naci07onal (CSN), foi lançado pré-candidato a presidente da República pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. Questionado se este seria o momento do PT apoiar um candidato de outro partido da base aliada e possivelmente estar em seu palanque, Ciro não pareceu empolgado e espera mais ser a terceira via fora da dicotomia PT-PSDB.

“Acho que neste momento devemos propor uma alternativa ao Brasil. Este confronto ‘odiento’ de PT com PSDB está forçando o país a pagar um preço muito caro. Isso exige um novo projeto. Os ‘caras’ batendo um no outro, um ódio imenso, uma agressividade imensa e a população precisa que se volte a discutir emprego, salário, transporte, moradia, segurança. Isto está destruindo a democracia do país”, afirmou.

Quando perguntado sobre as atitudes dos dois ex-presidentes da República, Lula e Fernando Henrique Cardoso, Ciro também foi duro contra os ex-presidentes afirmando que estão tendo um papel de “anões cívicos”. “Os dois são grandes homens com histórias maravilhosas e os dois estão muito anões cívicos. Em um choque de vaidades estão fazendo do povo brasileiro uma bolinha de ping-pong. Nós deveríamos exigir que eles dessem um limite para que a disputa não atrapalhe o futuro da nação”.

Ciro ainda não dá como certa a candidatura à presidência da República. Afirma até que não gostaria de ser, mas que toparia o desafio. “Eu não queria mais ser candidato. Já fui duas vezes e agradeço ao povo cearense, ao povo brasileiro. Mas, ninguém pode neste momento se omitir do seu dever. Um homem como eu tem obrigação de esquecer os riscos que está correndo e sair em defesa da democracia e do nosso povo. Se isso se traduzir em uma candidatura, será um dom que Deus me dará para servir este país”, finalizou.

Brandão sobre defesa de Flávio a Dilma: “precisa estar próximo do governo federal”

carlosbrandaoO vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, recebeu o título de Cidadão Ludovicense na Câmara Municipal de São Luís, na manhã desta quarta-feira (4). Durante o ato, falou com a imprensa sobre vários aspectos políticos, desde a relação do PSDB e o governo Flávio, as disputas dos aliados nas eleições de 2016 e o PSDB na eleição de São Luís.

Questionado sobre a situação do PSDB, que faz parte do governo, diante da colocação do governador Flávio Dino, como defensor do governo da presidente Dilma Rousseff, o presidente do PSDB no Maranhão considera normal a situação e para ele, Flávio precisa estar próximo do governo federal, até pelos recursos que precisa trazer para o estado. Segundo o dirigente tucano, existe uma relação respeitosa entre os aliados com divergências no campo nacional.

“O governador Flávio Dino fez uma composição com nove partidos para ganhar a eleição. Quatro apoiavam Dilma, três Aécio e um Eduardo Campos. Foi um acordo natural. Aqui, o governo tem a participação de todos e na questão nacional, cada um respeita o outro. O Flávio é governador e precisa estar próximo do governo federal, até porque temos muitos recursos para receber e precisa dessa aliança. O PSDB é contra o governo federal, assim como o PPS, da Eliziane, e outros”.

Brandão disse que os espaços dos tucanos são apropriados e existe um alinhamento e harmonia do ponto de vista administrativo entre os três principais partidos do governo, que buscam crescimento nas eleições. “Aqui existe uma perfeita harmonia entre PCdoB, PSDB, PDT… Todos participam do governo e estão completamente alinhados”.

Ainda assim, cada partido tenta crescer e eleger mais prefeitos nas eleições de 2016. Pinheiro, por exemplo, o PCdoB lançou Leonardo Sá, enquanto o PSDB filiou Luciano Genésio, que parecem distantes de qualquer aproximação. Questionado sobre as divergências de interesse, Brandão afirma que o diálogo e a composição é possível. “O PSDB e o PCdoB têm candidatos em Pinheiro e isso se repete em vários municípios. Onde for possível compor, nós iremos compor. Isso depende dos candidatos. É uma disputa normal, democrática, até dentro do partido. Em Codó, temos Biné Figueiredo e Ricardo Archer no PSDB. São dois ex-prefeitos, e estamos tentando uma aliança para vencer as eleições. Se não der, vamos compor de outra forma”.

São Luís com candidatura própria

castelonetosergio

Carlos Brandão reafirmou que em São Luís é prioridade a candidatura própria. ele restringe a disputa hoje apenas a João Castelo, Neto Evangelista e Sérgio Frota. O presidente do PSDB considera remota a possibilidade de aliança com outro candidato, até pela conjuntura nacional – o PSDB terá candidato a presidente em 2018.

“Um partido grande como o nosso se dá ao luxo de ter três grandes nomes. E em várias cidades temos mais de um nome forte. Nós temos três nomes muito importantes no cenário político eleitoral do município. O ex-prefeito João Castelo, o deputado Neto Evangelista e o deputado Sérgio Frota. São Nomes importantes, com densidade eleitoral. Agora, essa questão, vamos deixar amadurecer um pouco mais como em vários municípios do estado. Até junho, teremos a definição. O certo é que teremos candidato. Um partido como o PSDB não pode ficar de fora de forma nenhuma. Ainda temos muito tempo. Conforme vai chegando mais perto, vamos resolvendo. Antes, tínhamos cinco pré-candidatos [incluindo Pinto Itamaraty e Luís Fernando] e hoje só temos três”, finalizou.

 

Política maranhense em notas

Oposição volta a atuar articulada

oposicaoA ação dos quatro deputados de oposição nesta quarta-feira (21) mostrou que eles voltar a se organizar para reverberar as pautas de interesse do grupo Sarney. Com Adriano Sarney, Sousa Neto, Andrea Murad e Edilázio Júnior monotemáticos, fizeram força para pautar a questão de grampos ilegais feitos pelo sistema Guardião. Assim, o tema escolhido tem mais vozes e maior repercussão nos meios de comunicação do Clã Sarney.

PMDB conversa com PSDB

robertoO deputado estadual Roberto Costa (PMDB) e o deputado licenciado Neto Evangelista (PSDB) foram vistos em uma conversa muito amistosa nesta quarta-feira (21). Ao serem questionados pelo titular do Blog, nenhum negou a possibilidade de aliança entre PSDB e PMDB nas eleições de São Luís em 2016. Costa afirmou que Neto seria um ótimo candidato e com plenas condições de apoio do PMDB.

Com quem Eliziane conversa no PSDB?

netoNeto Evangelista questionou qual o canal de interlocução da deputada federal Eliziane Gama (Rede) com o PSDB do Maranhão, já que ele assegura que não é com ele, nem com Carlos Brandão, João Castelo ou Pinto Itamaraty. Ao ser questionada sobre a possibilidade de aliança com o PT, Eliziane disse que quem estaria mais próximo do seu palanque é o PSDB. “Só se Marina [Silva] estiver tratando diretamente com Aécio [Neves]”, sorriu Evangelista.

PPS pode ir com Edivaldo

paulomatosApós a saída da deputada Eliziane Gama do PPS, o partido começa a se reorganizar no Estado. E a desfiliação da ex-presidente pode colocar a legenda na coligação de seu principal adversário: o prefeito Edivaldo Holanda Júnior. O novo presidente da legenda, Paulo Matos, que tem bom trânsito com o prefeito, não descartou a possibilidade de ir com o PDT e também abriu o leque de conversa com o PSDB. Por enquanto, a prioridade é a candidatura do Pastor Porto a prefeito de Imperatriz.

Novo Maranhão sendo contado ao mundo

jornalcanadenseUm dos principais jornais canadenses, o Globe And Mail, esteve em setembro no Maranhão para levar as histórias da política maranhense e entender os problemas acumulados e como um grupo político permaneceu tanto tempo no poder. A reportagem trata sobre patrimonialismo, coronelismo político e mudança de paradigma social com as novas mídias. Também destaca a perspectiva de novos investimentos que começam a se estabelecer no estado. Confira a reportagem do jornal canadense aqui.

Programa Segundo Tempo

programasegundotempoAproximadamente 15 mil crianças e jovens maranhenses serão beneficiados com o Programa Segundo Tempo. Serão oferecidas atividades esportivas no turno contrário ao horário das aulas, assim, os estudantes do turno matutino terão acesso às atividades no período da tarde e vice-versa. Para ministrar as atividades, foram contratados 310 profissionais através de processo seletivo simplificado. As atividades ocorrerão em 150 Núcleos Esportivos, dispostos em São Luís (101), São José de Ribamar (32); Raposa (seis) e Paço do Lumiar (11).